7 maio por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Sesap faz confusão com nomes de hospitais e anuncia solução para caos “nos próximos dias”

Pelo visto, a partir do comunicado da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (IMAGEM ACIMA), o caos não está simbolizado "apenas" pela falta de remédios e itens como lençóis, soro fisiológico e seringas no Hospital Geral Dr. José Pedro Bezerra, tratado no comunicado oficial enviado à imprensa como Hospital Pedro Germano, que é o Hospital da Polícia Militar. Já dizia Chacrinha: "Quem não se comunica se trumbica". Imagine quem comunica errado...

Nome do "Hospital Santa Catarina" é Hospital Geral Dr. José Pedro Bezerra

A Sesap informa que a precariedade relatada por profissionais de Saúde denunciada pelo Sindicato da categoria (Sindsaúde) se trata de "um fato momentâneo que pode ocorrer com qualquer hospital pronto socorro de portas abertas".

Nome do "Hospital da PM" é Hospital Central Coronel Pedro Germano

A Secretaria disse, ainda, que: "A direção do hospital informa que a situação já está está sendo resolvida e nos próximos dias o atendimento volta à normalidade".

26 fev por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Secretaria da Saúde do RN promove carnaval no mesmo dia que servidores grevistas protestam contra atraso de salários

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) promove nesta quarta-feira (27) seu carnaval com concurso de fantasias para os servidores. O objetivo é aproveitar o clima de festa e tratar de assuntos como a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis, arboviroses e cultura de paz de maneira leve e divertida.

“Este tipo de ação promove a melhora no clima organizacional, a integração entre os servidores e trata destas questões de saúde, com foco na prevenção”, explicou Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Sesap.

A ação, promovida pelas coordenações de recursos humanos (CRH) e promoção à saúde (CPS), acontece das 11h às 13h, com música ao vivo, distribuição de panfletos educativos e preservativos. A melhor fantasia será premiada com um abadá de um bloco de carnaval. Na ocasião também será apresentada a Marchinha Carnavalesca da Sesap, criada pela subcoordenadora de informação, educação e comunicação, Paula Érica.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesap

LEIA TAMBÉM:
Salários atrasados: servidores da Saúde farão protesto no Hospital Deoclécio Marques e irão à Assembleia Legislativa

6 fev por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Hospital deve fazer testes do coraçãozinho e orelhinha antes da alta de recém-nascidos

A Diretoria do Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos, em Assu, deve tomar todas as providências administrativas necessárias para que, em até 60 dias, todas as crianças nascidas no referido hospital estadual passem a ser submetidas, antes da alta hospitalar, aos exames “Teste do Coraçãozinho” (Oximetria de Pulso) e “Teste da Orelhinha” (Emissões Otoacústicas Evocadas).  

A medida foi recomendada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça de Assu, à Secretaria Estadual de Saúde. A atuação faz parte do projeto Nascer com Dignidade, que objetiva a adoção de providências para diminuir o índice de mortalidade neonatal e infantil no Estado do Rio Grande do Norte. A proposta é assegurar a fiscalização e o aperfeiçoamento dos serviços de saúde para grávidas, parturientes e mães em estado puerperal.  

De acordo com a recomendação publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (6), o Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos, atualmente o único prestador de serviços de parto do Sistema Único de Saúde de Assu e de outras cidades da região, não realiza, após o nascimento de bebês, os testes da Orelhinha e do Coraçãozinho nos recém-nascidos.  

9 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Regulação: MPRN recomenda revogação de portaria da Sesap

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) expediu recomendação para que a Secretaria Estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) anule portaria referente à criação da Central Estadual de Regulação. A medida foi tomada sem a aprovação da Comissão Intergestores Bipartite do Rio Grande do Norte (CIB-RN), órgão responsável pela gestão de instrumentos de saúde no estado e dos municípios. A medida entra em desacordo com modelo de gestão pactuada entre municípios, regida pela CIB. No Rio Grande do Norte, o modelo de regulação segue o Complexo Regulador, aprovado no ano de 2014. A ferramenta é composta por sete Centrais Regionais e o Complexo Estadual de Regulação, além da Central Metropolitana de Regulação. A atuação do complexo é embasada nas normas técnicas do Sistema Único de Saúde (SUS), a Política Estadual de Regulação e Plano Diretor de Regionalização. O sistema é operado pelo Estado e Municípios. Segundo o MPRN, desde 2014 o Governo Estadual segue negligenciando a estrutura e o apoio às centrais de regulação, acarretando na precariedade do funcionamento dos órgãos, especialmente os que atuam em Caicó e Mossoró. Essa postura negligente pode colocar em risco o acesso igualitário aos serviços de saúde do Estado. A Secretaria terá o prazo de 20 dias para informar detalhadamente as medidas tomadas para acatar a recomendação. Fonte: MPRN
23 ago por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Ministério Público recomenda interrupção de estágios irregulares na Secretaria da Saúde do Rio Grande do Norte

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) expediu recomendação para que a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) não permita estágios que não se enquadrem na Lei de Estágio e nas Portarias Normativas do órgão sobre a modalidade de ensino. O inquérito civil sobre o caso foi realizado pela 47ª Promotoria de Justiça de Natal. O órgão ministerial realizou uma audiência no dia 13 de agosto a fim de analisar os estágios na Secretaria. Nessa reunião, foi constatada a existência e permanência das denominadas “liga de estudantes”, que se constituem como grupos de discentes sem vínculos em instituições de ensino superior à procura de estágio na Sesap. Além disso, foi identificada a presença de um conjunto de alunos que cursam Medicina na Bolívia e estagiam em algumas unidades do órgão.
10 ago por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Sesap apoia oficina para estimular crianças com síndrome congênita pelo Zika

A Secretaria de Estado da Saúde Publica (Sesap) apoia a realização da “Oficina para capacitação de famílias e profissionais para estimulação de crianças com síndrome congênita pelo vírus Zika e STORCH”, que ocorrerá em Parnamirim, nesta segunda-feira (13) e em Mossoró, na terça-feira (14). As oficinas são promovidas pela Coordenação Geral da Saúde da Criança e Aleitamento Materno/DAPES/SAS do Ministério da Saúde, em parceria com Estratégia Brasileirinhas e Brasileirinhos Saudáveis (IFF/FIOCRUZ), além do Movimento Zika (projeto do Movimento de Ação e Inovação Social) e do Movimento Down. O objetivo das oficinas é oferecer às famílias, cuidadores e profissionais da saúde, da educação e da assistência social a metodologia para a produção e uso de materiais de estimulação precoce de crianças de 0 a 3 anos. Dessa forma, a iniciativa busca somar esforços e integrar as ações de modo a produzir e disseminar conteúdos que colaborem para o pleno desenvolvimento de crianças afetadas pela síndrome congênita do vírus zika, de modo a contribuir para sua inclusão na sociedade.
21 ago por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Sesap e Itep devem cadastrar funerárias para remoção de cadáveres em hospitais

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou que a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) cadastrem funerárias com registro regular para facilitar a identificação delas pelos hospitais quando houver a necessidade de remoção de cadáveres. A recomendação, expedida pela 47ª Promotoria de Justiça de Natal, foi publicada na edição desta sexta-feira (18) do Diário Oficial do Estado (DOE). O documento é endereçado ao secretário estadual de Saúde, George Antunes de Oliveira, e ao diretor-geral do Itep, Marcos José Brandão Guimarães. O objetivo é acompanhar o cadastramento, na Sesap e no Itep, das empresas relacionadas às atividades de remoção de cadáveres, principalmente relacionados aos traslados de corpos oriundos de hospitais. A Promotoria adverte que a não observância da recomendação implicará na adoção das medidas cabíveis. O MPRN deu prazo de 30 dias para que sejam encaminhadas informações pormenorizadas quanto à adoção das medidas administrativas para o pleno atendimento da recomendação. Fonte: MPRN  
21 out por João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Sesap faz caminhada neste sábado de conscientização sobre câncer de mama

outubro_rosa2 A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN), através da Coordenadoria de Promoção à Saúde (CPS), realiza neste sábado (22), a partir das 8h, dentro da programação do Outubro Rosa, uma caminhada no Parque das Dunas Jornalista Luis Maria Alves, de estímulo e conscientização à prevenção do Câncer de Mama. A caminhada terá a participação de profissionais da saúde, servidores de outras secretarias, e será aberta à população em geral. No local da concentração haverá distribuição de camisetas, apresentação do grupo teatral Arte Circular Interativa e orientação de educadores físicos com relação a alongamentos para uma rotina de vida mais saudável.
28 jul por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

O “governador da segurança” volta de Caicó para “reunião da incompetência”

[caption id="attachment_49026" align="aligncenter" width="1069"]ROBINSONELULA Na campanha eleitoral, Robinson Faria foi a Brasília oficializar o apoio do ex-presidente Lula[/caption] João Ricardo Correia Dois e-mails enviados hoje pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte sinalizam que o planejamento na área da saúde é inexistente, incompetente e coloca em risco muitas vidas, inclusive de crianças. É como se houvesse um grupo de canalhas ávidos pelo sofrimento dos mais pobres, daqueles que necessitam dos serviços públicos. Há tempos, desde antes de Robinson Faria ser vice-governador de Rosalba Ciarlini, que os serviços públicos estão de ladeira abaixo. Não há desculpa para espantos, nem justificativas vazias para tentar minimizar o sofrimento imposto ao povo. Um dos e-mails diz que o governador do RN cancelou a agenda administrativa da manhã de sexta (29), em Caicó, para retornar a Natal. “O chefe do Executivo convocou uma reunião de emergência com as secretarias de Saúde e de Planejamento e Finanças, o Ministério Público e representantes da sociedade civil para tratar do funcionamento do Hospital Maria Alice Fernandes, cuja UTI está temporariamente fechada. O objetivo do governador é retomar os serviços do hospital com a maior brevidade possível.” Como é que é?! Reunião de emergência?! Que absurdo. Reunião da incompetência, isso sim! O problema é que os governantes e suas dezenas de assessores deixam o caos se instalar – afinal de contas pimenta nos olhos dos outros é refresco -, deixam pacientes no chão, fecham UTIs, para que reuniões sejam convocadas, entrevistas sejam concedidas. Só faltam pendurar melancias nos pescoços. Quase se autodenominam "salvadores da pátria".
15 jul por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Sesap chama de “boatos” denúncia do Sindsaúde sobre insegurança no Hospital Santa Catarina

hospitasantacatarina1 João Ricardo Correia A Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte, por meio da sua Assessoria de Comunicação, enviou nota informando que "a despeito de boatos que estão circulando nas redes sociais", a Recepção e a Triagem do Hospital Santa Catarina estão funcionando normalmente. O Portal Companhia da Notícia não publica "boatos". A fonte da informação foi o Sindicato dos Servidores da Saúde (Sindsaúde), por e-mail assinado pela vice-coordenadora da entidade, Simone Dutra, conforme pode ser constatado no link: https://www.companhiadanoticia.com.br/inseguranca-no-rn-hospital-santa-catarina-tera-recepcao-e-triagem-fechadas/#more-48728 Abaixo, a íntegra da NOTA enviada pela Sesap.
15 jul por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Vigilantes ocupam prédio da Sesap RN cobrando pagamento de salários e férias

FRANCISCO_BENEDITO_SINDSEGUR Vigilantes da Garra ocuparam o pátio da Sesap (Secretaria Estadual da Saúde Pública do RN), na manhã desta quinta-feira, 14. O movimento organizado pelo SINDSEGUR (Sindicato Intermunicipal dos Vigilantes) reivindica o pagamento de salários e férias em atraso. A paralisação é por tempo indeterminado, até que a empresa faça o pagamentos devido aos trabalhadores. A ocupação continua nesta sexta-feira, dia 15, a partir das 8 horas. Fonte: Assessoria de Comunicação do SINDSEGUR
14 jul por João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Servidores denunciam perseguição na Secretaria Estadual de Saúde

[caption id="attachment_48662" align="aligncenter" width="980"]DEOCLECIO_MARQUES_FOTOGLAUCIALIMA O Sindsaúde denunciou também a falta de transparência na regulação das cirurgias no Hospital Deoclécio Marques[/caption] A reunião ordinária do Conselho Estadual de Saúde desta quarta-feira (13) foi marcada por depoimentos de vários servidores efetivos, que denunciaram publicamente perseguições e assédio moral por parte da atual gestão da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Os servidores acusaram a gestão de ingerência política na regulação de vagas para cirurgia e de UTIs e na escolha de comissionados, que estariam sendo nomeados mesmo sem conhecimento técnico. A tônica da reunião foi a denúncia de perseguição a servidores que fizeram parte da administração anterior da saúde e que, mesmo após a entrega dos cargos, estão sendo retirados de seus locais de trabalho sem justificativa. A ex-coordenadora de Planejamento, Marcia Pellense, denunciou que a Sesap a está devolvendo para o seu órgão de origem, sem justificativa, como "um objeto". Marcia leu uma carta pessoal, em tom de desabafo, afirmando que vive uma "tortura psicológica".
11 jan por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Estado pode executar sentença que condenou servidores da Secretaria da Saúde

JUSTICA3 O juiz Airton Pinheiro, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou a intimação do Estado do Rio Grande do Norte e Ministério Público Estadual para apresentarem pedido de cumprimento de sentença/execução, instruído com planilha dos cálculos atualizados, que condenou servidores da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) pela prática de improbidade administrativa consistente na montagem de esquema de concessão e pagamento de diárias fictícias (por viagens não realizadas). A sentença condenatória foi prolatada em setembro de 2013, e no início deste ano ocorreu o trânsito em julgado do processo. Com isso, o autor da ação pode requerer o cumprimento da sentença que condenou ex-secretário adjunto de Saúde Pública do Estado, João Albérico Fernandes da Rocha; bem como as servidoras Celia Maria Bulhões e Mailde Alves de Oliveira às sanções de ressarcimento ao Erário, em caráter solidário, no valor de R$ 5.535,00, acrescido de juros e correção monetária, além de pagamento de multa civil no mesmo valor (uma vez o valor do dano). Celia Maria Bulhões e Mailde Alves de Oliveira tiveram ainda seus direitos políticos suspensos por cinco anos. Já a servidora Clélia Rejane Costa da Silva, que também participou do esquema, terá que ressarcir ao Erário o valor de R$ 5.535,00, também acrescido de juros e correção monetária e mais punição com a perda do cargo público junto à Administração Estadual e suspensão dos direitos políticos por oito anos. Consta nos autos que Clélia Rejane da Costa Silva, valendo-se da sua condição de Servidora Pública Estadual, e através da senha de sistema que negligentemente lhe teria sido repassada pelo então Subsecretário Adjunto da SESAPE - João Albérico Fernandes da Rocha Fernandes – implementou um sistema fictício de concessão de diárias no afã de enriquecer-se ilicitamente. Segundo apuração do MP, o sistema funcionava da seguinte maneira: Clélia Rejane Costa da Silva, utilizando a senha de João Albérico Fernandes, pelo expediente da inserção de dados falsos no sistema de rede respectivo, elaborava Propostas de Concessão de Diárias – PCD´s – em nome de Célia Maria Bulhões e Mailde Alves de Oliveira, sem que as estas fizessem jus à percepção de tais valores. Quando o pagamento das diárias ingressava nas contas bancárias das beneficiárias, estas repassavam o valor depositado a Clélia, aperfeiçoando-se assim o engodo, à medida em que elas locupletava-se às custas dos valores de diárias pagos indevidamente pelos cofres estaduais. Para o magistrado, todos os envolvidos agiram com o dolo necessário para configurar a prática delituosa narrada pelo Órgão Ministerial. Segundo ele, é inegável a consciência das servidoras sobre o ilícito, assim como é inegável o rompimento do dever de cuidado do então secretário adjunto de Saúde Pública do Estado, à medida que ele não somente rompeu com o dever de sigilo inerente à manutenção de sua senha de sistema, como também, indevidamente, assinou, na condição de ordenador de despesa, os PDC´s forjados elaborados pelas servidoras.   Fonte: Portal do TJRN
24 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Secretaria da Saúde do RN define protocolo de microcefalia por áreas

MICROCEFALIASESAP1 Devido à complexidade do caso e ao fato de não se ter ainda um estudo aprofundado que defina a origem do problema, se está cientificamente comprovada a sua ligação com o Zyka vírus ou não, a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) está definindo o protocolo relativo à microcefalia por áreas, para traçar o fluxo a ser seguido pelas gestantes e pelos bebês nascidos com microcefalia. Após a definição do Hospital Onofre Lopes (HUOL) como hospital de referência, as ações  para a Vigilância, Endemias, Atenção Básica e Laboratório, entre outras, estão sendo detalhadas a seguir. Mesmo com as definições em curso, o protocolo poderá ser modificado à medida que novas situações forem surgindo. A informação é do secretário Ricardo Lagreca, após reunião com os representantes das principais entidades de saúde pública do Estado, na tarde desta segunda-feira (23), na sede da Sesap. “A microcefalia não segue uma lógica espacial, privilegiou todas as regiões do nosso Estado. O protocolo não está totalmente definido devido à complexidade e ao inusitado, o que é absolutamente normal em situações como esta. Na reunião que nós secretários tivemos (na última sexta-feira, 20, em Salvador), colocamos para o ministro a gravidade do problema”, disse Lagreca. Até o momento, foram diagnosticados 52 casos de microcefalia (47 em recém nascidos e 5 intra-uterinos) e 4 óbitos (sendo um por má formação e 3 por sindrômetro de microcefalia). A divisão do protocolo por áreas é para que alguns especialistas possam definir procedimentos-padrão a serem seguidos. É o caso, por exemplo, do acompanhamento dos recém nascidos, em que os médicos estudam se será preciso realizar tanto os exames de ressonância magnética como de tomografia computadorizada, ou se apenas uma dos dois procedimentos basta. Outra  prioridades da Sesap é definir especialmente as ações da Atenção Básica, ou seja, o primeiro atendimento que as gestantes recebem nas Unidades de Saúde. Os técnicos e servidores estão recebendo orientação sobre como proceder. Participaram da reunião representantes do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS), Conselho Estadual de Saúde (CES), Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems), além do infectologista Kleber Luz e profissionais de diversas coordenadorias da Sesap, como a de Promoção a Saúde (CPS), Hospitais e Unidades de Referência (Cohur), Planejamento (CPCS), Recursos Humanos (CRH) e Complexo Estadual de Regulação (CER).   Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesap
15 out por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Sesap confirma que lavanderia já foi notificada por causa de lençóis sujos

HOSPITALRUYPEREIRADOSSANTOS1 O Portal Companhia da Notícia publicou, com exclusividade, nesta quarta-feira (14), matéria sobre lençóis sujos - mesmo após a lavagem - que estariam sendo enviados à Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Estadual Dr. Ruy Pereira dos Santos. Confira a matéria aqui: https://www.companhiadanoticia.com.br/suspeita-de-uso-de-lencois-sujos-na-uti-ronda-o-hospital-dr-ruy-pereira/ Pela explicação da Secretaria de Estado da Saúde Pública, já foi constatada alguma situação de sujeira nos lençóis, embora o órgão assegure que o material não foi utilizado e que a empresa terceirizada - não informou qual - foi "notificada formalmente". Veja a Nota enviada à redação:   GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA NOTA NATAL (RN), 15 de outubro de 2015. A Direção Administrativa do Hospital Dr. Ruy Pereira esclarece que a lavagem dos lençóis na unidade é feita por empresa terceirizada e que quando a equipe de enfermagem identifica que o lençol está inadequado para uso, ele não é utilizado e a empresa é notificada formalmente.
× Fale no ZAP