23 set por João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Sem crise: Tribunal de Justiça estima gastos de R$ 84 milhões para construir sede em Natal

[caption id="attachment_50382" align="aligncenter" width="730"]claudiosantos2 Para o presidente do TJRN, desembargador Claudio Santos, a construção já pode ser definida como o maior investimento feito em Natal na última década[/caption] O Tribunal de Justiça do RN publicou hoje (23) o edital de licitação para a contratação de empresa de engenharia que irá realizar a construção da nova sede do TJRN, a ser erguida no bairro de Nossa Senhora de Nazaré, Zona Oeste de Natal. O valor estimado da licitação é de R$ 84 milhões, o que inclui todos os serviços necessários para a construção. A licitação ocorrerá na modalidade de concorrência, do tipo menor preço, sob o regime de empreitada por preço unitário. Podem participar empresas de todo país. A obra deverá ter duração de quatro anos e a expectativa é de que o empreendimento chegue a gerar 300 empregos na capital potiguar ao longo da construção. As empresas interessadas em habilitarem-se à concorrência deverão entregar seus documentos e propostas de preços no dia 27 de outubro, às 10h, no Setor de Licitação, localizado na sede do TJRN. A abertura dos envelopes com as propostas deverá ocorrer na mesma data e horário. A partir da sessão de habilitação, a concorrência mais terá duas fases, intercaladas por prazos para recursos. A estimativa é de que todo processo dure pouco mais de 30 dias (caso não existam recursos judiciais).
14 jan por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Governo Robinson economiza R$ 60 mil/mês ao acabar residência oficial

JUROS   Tradicionalmente os Chefes de Estado em todo o Brasil usam a residência oficial para morar durante a gestão de quatro anos a frente do Governo do Estado. No Rio Grande do Norte, o governador Robinson Faria (PSD) em uma atitude inovadora abdicou da residência oficial para diminuir o custeio da máquina. Os últimos governadores usaram a residência oficial que era alugada pelo poder público para moradia e reuniões. O custeio da residência oficial representa uma economia de cerca R$ 60 mil por mês e além dos ganhos financeiros para o Estado, Robinson cumpre um dever moral e ético de fazer um governo moderno onde não há espaço para protocolos, mordomias e onde o governador se comporta como um funcionário público. “Eu sou um representante do povo, um cidadão comum e não quero ter benefícios pelo meu trabalho. Vou continuar morando na mesma casa durante minha gestão e vou cumprir meu papel de Chefe de Estado sem precisar usar residência oficial ou mordomias”, afirma. Além da residência oficial, o governador Robinson Faria (PSD) abriu mão de outros “benefícios” pagos com dinheiro público ao Chefe de Estado como compras, empregados pessoais e custeio da manutenção da residência oficial. O valor economizado está incluído no pacote de medidas de redução de custeio da máquina pública, uma das promessas de campanha de Robinson. Para recepcionar autoridades nacionais e internacionais, Robinson vai usar o Palácio Potengi, sede do Governo do Estado do Rio Grande do Norte que fica no centro da cidade, na Praça dos Três Poderes.   Fonte: Assessoria de Comunicação
2 set por Henrique Goes Tags:, , ,

Procon municipal passa a atender em novo endereço a partir desta quarta-feira

A partir desta quarta-feira (4), os consumidores que precisarem dos serviços de Proteção de Defesa do Consumidor, deverão se dirigir até a Rua Seridó, número 355. O local fica no Centro da cidade, próximo à Universidade Potiguar, unidade da Floriano Peixoto. [caption id="attachment_15163" align="aligncenter" width="480"]consumidor11 Imagem de internet[/caption] Segundo o diretor geral, Kleber Fernandes, o novo local continuará com todos os serviços prestados ao público com uma melhor estrutura física e maiores condições de atendimento. O atendimento na nova sede do órgão será realizado das 8h às 17h. Os consumidores também podem entrar em contato com o Procon pelos números 3232-9050 e 3232-9052.   Fonte: Assecom PMN
31 jan por Henrique Goes Tags:, , , ,

AVANÇAM DISCUSSÕES SOBRE SEDE PRÓPRIA PARA CÂMARA MUNICIPAL

Parecem avançar as discussões acerca de uma sede própria para a Câmara Municipal de Natal. Participaram de uma reunião para entendimentos neste sentido com  a superintendente do Patrimônio da União no Rio Grande do Norte, Yeda Cunha de Medeiros, o presidente da CMN, vereador Albert Dickson (PP), o procurador geral do Municipio Carlos Castim e o diretor do IFRN, Lerson Maia. Na pauta, o uso e cessão do Estádio Senador João Câmara localizado no bairro da Ribeira, Zona Leste de Natal. [caption id="attachment_2540" align="aligncenter" width="480"]Reunião CMN & SPU -Foto ELPÍDIO JÚNIOR (8) Representação da CMN abre mão de estádio na Ribeira e segue em busca de sede própria
Foto: Elpídio Júnior[/caption] Em um primeiro momento, Albert Dickson informou que, devido ao interesse do Instituto Federal (IFRN) em construir uma área poliesportiva aliado às restrições do Plano Diretor para construções na área - o que impede a instalação de ambas as instituições no local -, a Câmara Municipal retirava o pedido de cessão do terreno para instalação da sede própria do legislativo potiguar. “Estamos abrindo mão da área, pois acho que a comunidade das Rocas tem o direito ao lazer, ao esporte e com a entrada do IFRN a comunidade terá um espaço poliesportivo equipado e conservado”, justificou o presidente da CMN. No entanto, a superintendente do Patrimônio da União do RN, Yeda Cunha de Medeiros, se mostrou preocupada com o uso da área pertencente a União. “Temos que tomar medidas o mais breve possível, pois um patrimônio público não de ser usado de forma privada como este está sendo. É muito bom ver o interesse da Prefeitura em resolver isso e os projetos da CMN e do IFRN de se instalarem no local”, salientou. O procurador geral do município, Carlos Castim, considera que o primeiro passo foi dado, restando buscar um consenso junto à comunidade sobre o uso da área. “Esse campo do jeito que está sendo usado de forma privada não pode continuar. Nós temos aqui a oportunidade de fazer um projeto que beneficia toda a comunidade e precisamos consulta-la para saber que ela espera”, disse. IFRN VAI REALIZAR ESTUDO No encontro ficou definido que o IFRN ficará responsável por um estudo de uso da área que será, posteriormente, encaminhado à  Prefeitura de Natal e que a instituição vai se comprometer a realizar a drenagem da região para construção das instalações.   CÂMARA MUNICIPAL AINDA EM PRÉDIOS ALUGADOS A Câmara Municipal de Natal está instalada em dois prédios alugados pelos valores mensais de R$ 68 mil (Palácio Padre Miguelinho) e R$ 14 mil (anexo). Para construção da sede própria o legislativo natalense dispõe de R$ 1,5 milhão, provenientes da renovação do contrato com CAIXA. Após a reunião, o presidente da CMN junto com a equipe técnica visitaram outras áreas que poderão receber a sede do legislativo natalense, entre eles a antiga sede da SEMURB na Ribeira e uma área vizinha o Parque da Cidade. Também participaram da reunião o procurador geral da CMN, Eriberto Nunes; o assessor da reitoria do IFRN, Francisco Mariz; e os vereadores Francisco Dagoberto “Dagô” (DEM), Hugo Manso (PT) e Ubaldo Fernandes (PMDB).   Com informações da Assecam
× Fale no ZAP