Tag: saúde

20 abr por João Ricardo Correia Tags:, ,

Ministério da Saúde alerta: autoexame da mama não substitui exame clínico


Recomendação é que, mesmo sem sintomas, mulheres a partir dos 40 anos façam anualmente o exame clínico das mamas

Não só a cantora Anitta, mas boa parte das mulheres brasileiras não sabe que o autoexame das mamas já deixou de ser indicado para identificar e prevenir o câncer de mama. No clipe da canção recém-lançada, “Atención”, de seu mais novo álbum, a artista pop e outras mulheres aparecem fazendo o autoexame, como um alerta. No entanto, segundo o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), o método, que já foi bastante preconizado, ajuda a conhecer o próprio corpo, mas não substitui o exame clínico das mamas.

O presidente da SBM, Antônio Frasson, explica que o autoexame deixou de ser recomendado em países mais desenvolvidos há mais de dez anos por não ser capaz de descobrir tumores de até 1 centímetro. Ao se autoapalpar e não identificar nenhuma alteração, a preocupação é que mulheres deixem de procurar atendimento médico e de fazer exames de detecção. Falhas neste rastreamento e a lentidão entre a confirmação e o tratamento contribuem para a mortalidade.

“O autoexame não é capaz de identificar lesões pré-malignas, lesões muito pequenas, antes de se tornarem câncer, propriamente dito, ou seja, não consegue descobrir as lesões quando elas podem ser tratadas mais facilmente”, afirma Frasson. Segundo ele, o autoexame só é preconizado onde não existe mamografia ou outro método de diagnóstico. A Europa e Estados Unidos, por exemplo, cita, não recomendam mais o autoexame. Na Índia, onde não há mamografia acessível, o método ainda é utilizado, mas para evitar complicações do câncer de mama.

13 abr por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Dr. Barakat: um ferrenho defensor da “comida de verdade”

O Instituto Dr Barakat de Medicina Integrativa foi criado pelo Dr Mohamad Barakat em 2013. Atualmente possui 12 núcleos: qualidade de vida e performance humana; nutrição; fisiologia do exercício; pediatria; medicina chinesa; psicologia; estudos de alergias e renite; saúde mental; terapia da dor; estética corporal; ginecologia e dermatológico capilar.

Cada um dos núcleos tem como eixo norteador a medicina integrativa, prática pela qual o foco sai da doença e passa a ser centrado na pessoa.

Conheça um pouco da história do Dr. Barakat:
https://www.youtube.com/watch?v=3J24G9ixtXk

O conceito do Instituto está fundamentado na definição de saúde da OMS “um estado de bem-estar físico, mental e social completo e não meramente a ausência de doença ou enfermidade”. Uma prática que enfatiza o respeito pela capacidade humana de cura, pela importância do vínculo de confiança entre o profissional e o paciente por meio de uma abordagem colaborativa do cuidado por meio de práticas convencionais, complementares e alternativas, baseados em evidências. É por meio desta união, com seus diferentes olhares e aptidões, que se pode alcançar êxito na busca por saúde e qualidade de vida – para a família: desde antes do nascimento até a velhice.

Quem é

O médico Mohamad Barakat, conhecido como Dr Barakat, atua há mais de três décadas no campo da saúde. Fundador do Instituto Dr Barakat de Medicina Integrativa, tem como bandeiras a alimentação e intestino saudável; a prática de exercícios físicos; qualidade do sono e controle do estresse; e o equilíbrio do corpo, mente e espírito, os Quatro Pilares que são a base de sustentação de todo o seu trabalho.

Com um olhar holístico e biopsicossocial sobre o ser humano, Dr Barakat é reconhecido por defender veementemente o conceito de comida de verdade, ou seja, uma alimentação isenta de industrializados, embutidos, conservantes, corantes e tantos outros artifícios utilizados atualmente, os quais considera nocivos à saúde do organismo.

>>> Saiba mais: https://drbarakat.com.br/

26 fev por João Ricardo Correia Tags:, ,

Salários atrasados: servidores da Saúde farão protesto no Hospital Deoclécio Marques e irão à Assembleia Legislativa

Os servidores estaduais da saúde do Rio Grande do Norte, em greve há 21 dias, farão mais um ato público como forma de protesto, no Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim, a partir das 9 horas desta quara-feira, 27. Será o evento desde o início da greve, que reivindica como ponto principal o pagamento dos salários atrasados.

Trabalhadores e trabalhadoras ainda não receberam as folhas de dezembro e o 13° salário de 2018. A situação fica ainda pior para os que ganham acima de 5 mil reais, pois também não receberam a folha de novembro e o 13° salário de 2017. Até o momento, de acordo com o Sindsaúde, a governadora Fátima Bezerra não recebeu a saúde para apresentar uma proposta de negociação e nem um calendário de pagamento dos atrasados. Por esse motivo, a paralisação persiste.

Como parte do calendário grevista, servidores também participarão da audiência pública sobre o atraso dos salários “Situação atual dos Serviços e dos Servidores Públicos”, na Assembleia Legislativa do RN, às 14 horas de amanhã.

Com informações do Sindsaúde
 

4 fev por João Ricardo Correia Tags:, , ,

São Miguel do Gostoso e Touros: MPRN recomenda assegurar procedimentos de média complexidade

A Promotoria de Justiça da comarca de Touros emitiu recomendação para que os Municípios de Touros e São Miguel do Gostoso assumam a responsabilidade pela gestão plena da saúde no seu território, adequando a estrutura existente. As gestões devem garantir aos cidadãos os procedimentos de média complexidade, seja prestando-os diretamente, seja pactuando com outros Municípios ou com o Estado.   

Caso os Municípios se integrem à Programação Pactuada e Integrada (PPI), deverão se responsabilizar pelo acesso do paciente (marcação, regulação, encaminhamento, transporte, etc) ao respectivo serviço. A recomendação versa também sobre uma série de outras medidas necessárias a fim de garantir os serviços à população, tais como a observância às portarias e à elaboração e apresentação de plano de trabalho (com lista dos exames e consultas de média complexidade e quantitativo ofertado pelo município e o seu referenciamento).   

4 fev por João Ricardo Correia Tags:, ,

CFM regulamenta telemedicina no país

Médicos brasileiros vão poder realizar consultas online, telecirurgias e telediagnóstico, entre outras formas de atendimento à distância, conforme a Resolução nº 2.227/18, do Conselho Federal de Medicina (CFM). O texto estabelece a telemedicina como exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, educação, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde, podendo ser realizada em tempo real ou off-line.

Por meio de nota, o conselho avaliou que as possibilidades que se abrem com a mudança normativa são “substanciais”, mas precisam ser utilizadas por médicos, pacientes e gestores “com obediência plena” às recomendações. No âmbito da saúde pública, o órgão considera a inovação “revolucionária” ao permitir a construção de linhas de cuidado remoto, por meio de plataformas digitais.

“Além de levar saúde de qualidade a cidades do interior do Brasil, que nem sempre conseguem atrair médicos, a telemedicina também beneficia grandes centros, pois reduz o estrangulamento no sistema convencional causado pela grande demanda, ocasionada pela migração de pacientes em busca de tratamento”, destacou o CFM. A resolução deve ser publicada esta semana no Diário Oficial da União.

Por Paula Laboissière - Repórter da Agência Brasil / Brasília

8 jan por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

SUS vai oferecer medicamento para pacientes com esclerose múltipla

Adultos diagnosticados com esclerose múltipla remitente recorrente poderão utilizar o medicamento acetato de glatirâmer na versão de 40 miligramas (mg) via Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente, a rede pública oferta apenas a versão de 20 mg. De acordo com o Ministério da Saúde, a incorporação vai permitir que o paciente reduza de sete para três as doses injetadas todas as semanas, garantindo maior qualidade de vida. A esclerose múltipla pode ser classificada por níveis de evolução clínica. Casos remitentes recorrentes têm por características surtos autolimitados de disfunção neurológica com recuperação completa ou parcial. Segundo a pasta, cerca de 85% dos pacientes com a doença são inicialmente diagnosticados como remitentes recorrentes. Os outros níveis são secundariamente progressiva e primariamente progressiva.
29 dez por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Conselho de Medicina entra com ação judicial contra Governo do Estado para pagamento dos servidores da Saúde

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte - Cremern deu entrada na Justiça Federal, nesta sexta-feira (28), com uma Ação Civil Pública contra o Governo do Estado, requerendo a suspensão dos efeitos do Decreto nº 28.620/2018, que autoriza a abertura de crédito extraordinário com o consequente sequestro de R$ 250 milhões para pagamento exclusivo dos salários e 13º salário de 2017 e 2018 dos servidores ativos e inativos da área de saúde. A Ação Civil Pública requer pena de multa diária por descumprimento no valor de R$ 10 mil, a recair na pessoa do governador do Estado. O processo, de número 0815043-55.21084.05.8400S foi ajuizado pelo departamento jurídico do Cremern, através do advogado Klevelando Santos. Fonte: Cremern
3 dez por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

MPRN e MPF ajuízam Ação Civil Pública para Estado aplicar R$ 243 milhões em saúde

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e o Ministério Público Federal (MPF) ajuizaram uma Ação Civil Púbica (ACP) para obrigar o Governo do RN a aplicar urgentemente mais R$ 243.340.800,69 para custeio da Secretaria de Saúde até o fim deste ano. O montante é o que falta para o Estado atingir os 12% mínimos do orçamento que devem ser destinados à saúde pública, conforme estabelece a Constituição Federal. A ação é direcionada ao governador do RN, Robinson Faria (FOTO), e ao secretário estadual de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira. Caso descumpram a aplicação legal em saúde, o MPRN e o MPF pedem que eles sejam multados em R$ 1 mil por dia. A Lei Orçamentária do RN projetou receitas da ordem de 8,5 bilhões, como base de cálculo de receitas para o cômputo do piso constitucional. Desse valor, os 12% que o Estado deve aplicar em saúde pública correspondem a R$ 1.022.112.120,00. Contudo, o montante despendido pelo ente até outubro passado e que pode ser computado como ‘despesa com saúde’ foi de R$ 553.771.319,31. Somando-se a essa quantia as despesas com pessoal, verifica-se que o Estado ainda tem que aplicar mais de R$ 243 milhões em saúde até o dia 31 de dezembro para cumprir o que é obrigado constitucional e legalmente.
1 dez por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

37 milhões de pessoas vivem com HIV em todo o mundo

No dia em que se comemora os 30 anos de luta contra a aids, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que cerca de 1 milhão de pessoas morrem todos os anos por não saber que estavam contaminadas pelo HIV ou por começarem tarde demais o tratamento contra a doença. Para o diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus, o mundo percorreu um longo caminho nas últimas três décadas, mas a epidemia de infecções não terminou. A estimativa é que 37 milhões de pessoas vivam com o vírus em todo o planeta, sendo que apenas 75% sabe de sua condição e 60% recebem tratamento. Os dados mostram que cerca de 75% das novas infecções por HIV registradas fora da África subsaariana ocorre entre profissionais do sexo; homens que fazem sexo com homens; pessoas que usam drogas injetáveis; transgêneros; e presidiários, além dos parceiros sexuais de todos que integram o grupo. Ações com o tema Conheça seu status, promovidas pela OMS, as pessoas recebem orientação para o acesso aos exames laboratoriais, métodos de prevenção ao HIV, medicamentos antirretrovirais e serviços de saúde. A entidade pede ainda políticas públicas que promovam saúde para todos, com foco no combate à aids e a doenças relacionadas, como tuberculose e hepatite. Em risco De acordo com a organização, podem estar em risco as pessoas que estiveram nas seguintes condições: mantiveram relação sexual sem o uso de preservativo; receberam transfusões de sangue de forma insegura; foram expostas a algum tipo de equipamento injetável contaminado, como agulhas. Por Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil / Brasília
22 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Natal: concurso da Saúde será homologado no dia 28

O concurso público para preenchimento de vagas na Secretaria Municipal de Saúde de Natal será homologado na próxima quarta-feira, 28 de novembro. A informação foi confirmada na manhã desta quinta-feira, 22, ao vereador, líder do prefeito na Câmara, Kleber Fernandes (PDT) pela secretária de Administração da capital, Adamires França; e por seu adjunto, Carlos Morais; que também é o coordenador do concurso. A equipe da Secretaria esclareceu que a realização do concurso atendeu a uma decisão judicial, fruto de uma ação do Ministério Público do RN, que vem acompanhando todo o processo. O resultado final já foi publicado e, logo após a homologação, as convocações devem ser iniciadas. “Há um intenso, e justo, clamor para que estes concursados comecem a ser chamados o quanto antes, por isso decidi vir até aqui para saber de todos os detalhes acerca da homologação do concurso que é o primeiro passo para que este chamamento tenha início. Saio muito feliz com o que ouvi. A secretária também fez questão de destacar que o veto que votamos na terça-feira passada na Câmara não tem interferência nenhuma neste trâmite”, disse o vereador. Kleber também esclareceu que a convocação deverá acontecer, claro, que dentro da capacidade financeira e legal de o Município efetivamente convocar estas pessoas. “Tenho certeza, de que as convocações possíveis serão feitas muito em breve e que todos os aprovados serão convocados dentro do prazo legal de validade do concurso”, pontuou Fernandes. O certame ofereceu 1.647 vagas, sendo 761 de nível médio e 886 de nível superior. Entre as vagas disponíveis estão auxiliar de farmácia, técnico de nutrição, enfermeiro e fisioterapeuta. Fonte: Graphos Comunicação
17 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Conselho de Segurança americano elogia Bolsonaro sobre médicos cubanos

O Conselho de Segurança dos Estados Unidos elogiou o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, por sua posição em relação aos profissionais cubanos no programa Mais Médicos. “Elogiamos o presidente eleito do Brasil, @JairBolsonaro, por tomar posição contra o regime cubano por violar os direitos humanos de seu povo, incluindo médicos enviados para o exterior em condições desumanas”, disse o conselho, em sua conta oficial no Twitter, na noite desta sexta-feira (16). A postagem tem uma versão em português e outra em inglês. O conselho é um órgão ligado diretamente ao presidente americano com a responsabilidade de assessorar em questões de política externa e segurança nacional. Também pelo Twitter, na quinta-feira, a secretária assistente do Departamento de Estado (o órgão de diplomacia dos Estados Unidos), Kimberly Breier, também elogiou Bolsonaro. “Que bom ver o presidente eleito Bolsonaro insistir em que os médicos cubanos no Brasil recebam seu justo salário em vez de deixar que Cuba leve a maior parte para os cofres do regime”, escreveu Kimberly no Twitter.
25 out por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Saúde de Caicó conhece política voltada para presos

Técnicos da secretaria estadual de Saúde visitaram a cidade de Caicó, nesta quarta-feira (24), para duas ações voltadas ao atendimento no sistema prisional. Com o apoio da secretaria municipal de Saúde, o primeiro momento foi para realização da busca ativa com testes de HIV/AIDS, sífilis e hepatites na população carcerária. A outra pauta foi para sensibilização do Município quanto à inserção na Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional.
23 out por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Brasil perdeu mais de 40 mil leitos do SUS nos últimos dez anos

Levantamento divulgado hoje (23) pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que o Brasil perdeu, nos últimos dez anos, mais de 41 mil leitos hospitalares no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2008, o total de leitos na rede pública era de 344.573. Em 2018, o total chegava a 303.185. Já os leitos classificados como não SUS aumentaram de 116.083 em 2008 para 134.380 este ano. De forma geral, portanto, o sistema de saúde brasileiro passou de 460.656 leitos em 2008 para 437.565 em 2018, totalizando 23.091 leitos a menos – o equivalente a seis leitos fechados por dia durante um período de dez anos.
19 out por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Estudo relaciona 12% das mortes por câncer de mama ao sedentarismo

Uma pesquisa publicada na revista Nature e que contou com a colaboração do Ministério da Saúde revela que uma em cada dez mortes em decorrência de câncer de mama no Brasil – cerca de 12% – poderiam ter sido evitadas com a prática de atividade física regular. De acordo com a pasta, os números mostram que, em 2015, 2.075 mortes poderiam ter sido evitadas se as pacientes realizassem pelo menos uma caminhada de 30 minutos ao dia cinco vezes por semana. Segundo o ministério, um dos fatores que causam o câncer de mama é o excesso de estrogênio no organismo, que pode levar à formação de mutações e carcinogênese estimulando a produção de radicais. A pasta destacou que a atividade física, por sua vez, diminui o estradiol e aumenta a globulina de ligação a hormonas sexuais, provocando uma redução de circulantes inflamatórios e aumentando as substâncias anti-inflamatórias.
× Fale no ZAP