Tag: Lula

2 dez por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

“Postura de bandido”: STF rejeita queixa de Lula contra senador Ronaldo Caiado

LULATRISTE1 Ao dizer, no Facebook, que o ex-presidente Lula tem “postura de bandido, bandido frouxo”, o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) estava protegido pela imunidade parlamentar a suas opiniões e manifestações, como manda o artigo 53 da Constituição Federal. Foi o que decidiu nesta terça-feira (1º/12) a 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal. A decisão foi por três votos a um, vencido o ministro Marco Aurélio. Lula ajuizou duas queixas-crime contra Caiado por causa de declarações feitas pelo senador no Facebook. Na primeira, Caiado diz: “Lula tem postura de bandido. E bandido frouxo! Igual à época que instigava metalúrgicos a protestar e ia dormir na sala do delegado Tuma. Lula e sua turma foram pegos roubando a Petrobras e agora ameaça com a tropa MST do Stédile e do Rainha para promover a baderna”. Na segunda, o senador afirma que, “temendo ser preso pelos malfeitos que cometeu — disso ninguém mais duvida — Lula apresenta Habeas Corpus”. O ex-presidente Lula é representado pelo advogado Cristiano Zanin Martins, para quem as declarações de Caiado extrapolaram a imunidade parlamentar. “A imunidade parlamentar não confere carta branca ao parlamentar para que ele possa desancar a honra e a imagem de terceiros”, disse, em sustentação oral. Entretanto, o relator, ministro Luiz Edson Fachin, discordou. “No caso concreto, embora reprovável e lamentável o nível rasteiro com o qual as críticas à suposta conduta de um ex-presidente da República foram feitas pelo querelado, entendo que o teor das declarações, depuradas dos assaques, guardam pertinência com sua atividade parlamentar”, escreveu em seus votos. O único a concordar com Lula foi o ministro Marco Aurélio. “Tempos de abandono de princípios, de perda de parâmetros, de inversão de valores. Cabe perguntar: aonde vamos parar? Num jargão carioca, digo que o cidadão querelado [Ronaldo Caiado] pegou pesado”, afirmou o ministro. “Não tenho a menor dúvida de que pode haver a imunidade em se tratando de opiniões, de palavras lançadas fora da Casa Parlamentar. Mas, indaga-se, há algum nexo com o exercício do mandato no que se lançou o senador? Para mim, a resposta é desenganadamente negativa.”   Fonte: Consultor Jurídico
29 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Datafolha: Aécio, Lula e Marina lideram intenções de votos

AECIO Está no site da revista Exame: nova pesquisa Datafolha, divulgada neste sábado pelo jornal Folha de S. Paulo, mostra o senador tucano Aécio Neves (FOTO) na liderança pela corrida presidencial de 2018, com 31% das intenções de voto. A maior surpresa, no entanto, é Marina Silva (Rede), que subiu para 21% e encostou no segundo lugar, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que possui 22%. Já em um outro cenário traçado pelo jornal, com o governador de SP, Geraldo Alckmin (PSDB), no lugar de Aécio Neves, Marina assume a liderança, com 28% das intenções de voto. Veja abaixo o resultado da pesquisa para os dois principais cenários: CENÁRIO 1 Aécio Neves (PSDB): 31% Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 22% Marina Silva (Rede): 21% Luciana Genro (PSOL): 3% Eduardo Paes (PMDB): 2% Eduardo Jorge (PV): 2% Branco/nenhum: 14% Não sabe: 5% CENÁRIO 2 Marina Silva (Rede): 28% Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 22% Geraldo Alckmin (PSDB): 18% Luciana Genro (PSOL): 3% Eduardo Jorge (PV): 3% Eduardo Paes (PMDB): 2% Branco/nenhum: 17% Não sabe: 6% Em um segundo turno, Aécio venceria Lula, com 51% das intenções de voto. O ex-presidente conseguiria 32% dos votos. Já na disputa entre Marina e Lula, a fundadora do Rede ganharia as eleições com 52%, enquanto o presidente de honra do PT alcançaria 31% dos votos. A pesquisa, com margem de erro de dois pontos, foi feita nos dias 25 e 26 de novembro, com 3.541 entrevistas em 185 cidades.
1 out por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Dilma discute reforma ministerial com Lula em almoço no Alvorada

DILMAELULA1_BRASIL247COM Em mais um dia de conversas para definir os últimos detalhes da reforma administrativa que vai reduzir o número de ministérios, a presidenta Dilma Rousseff almoçou hoje (1°) no Palácio da Alvorada, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Conselheiro político de Dilma, o ex-presidente tem participado das discussões sobre a nova composição dos ministérios. Os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante; da Comunicação Social, Edinho Silva, e o assessor especial da presidenta, Giles Azevedo, também estavam no Palácio da Alvorada. Antes de seguir para o Alvorada, Dilma se reuniu com o vice-presidente, Michel Temer, que é também presidente do PMDB, partido da base aliada do governo que atualmente tem representantes em seis ministérios. A presidenta Dilma Rousseff pretende cortar dez dos 39 ministérios de seu governo. Por isso, desde a semana passada se reúne com lideranças do PMDB e de outras legendas em busca do melhor desenho para a nova equipe. A expectativa era de que a reforma ministerial fosse anunciada hoje (1º), mas em entrevista a jornalistas na noite de ontem (30) Michel Temer disse que o anúncio poderia ficar para a sexta-feira (2).   Fonte: Agência Brasil Foto: www.brasil247.com
31 ago por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Agosto termina e o Brasil continua ladeira abaixo

LULA2_WILSONPEDROSA O mês de agosto está chegando ao fim. Para muitos, o mês do desgosto, do azar, das energias negativas. Para aqueles que não acreditam em superstições, é apenas mais um mês, como outro qualquer. O oitavo mês do ano de 2015 se despede com o Brasil enfrentando um dos seus piores momentos. A taxa de desemprego aumenta, a inflação sobe, as exportações estão a passos de tartaruga e o noticiário político destaca uma entrevista do ex-presidente Lula, admitindo ser novamente candidato à Presidência da República. Apontado pelos adversários como suposto mentor dos esquemas de corrupção denominados “Mensalão” e “Petrolão”, embora a Justiça afirme ainda não haver nenhuma prova contra o ex-metalúrgico que chegou ao mais alto cargo do País, Lula ganha fôlego num cenário político desanimador. Brasileiros mais exaltados defendem a volta dos militares ao poder. Outros exigem a saída imediata de Dilma Rousseff. Há os que defendam novas eleições imediatamente. Profundo conhecedor dos bastidores eleitorais, o ex-presidente Lula está mais vivo que nunca e informações extraoficiais vindas do Distrito Federal dão conta que ele não fala apenas da boca pra fora quando diz pensar ser candidato em 2018. Caso a classe política continue insistindo nos discursos vazios e repletos de acusações, sem que nenhuma providência seja tomada emergencialmente a favor da população brasileira, a nação cada vez mais viverá momentos trágicos. E nesse cenário de tragédia, que mais parece uma batalha medieval onde gladiadores disputavam o poder a qualquer custo, cercados por uma plateia de fanáticos, o Brasil vai descendo a ladeira e dando chance para que surjam novos e velhos salvadores da pátria. E um deles, podem anotar, é barbudo, circula bem entre os poderosos, se deixa abraçar pelo povo e atende pelo nome de Lula. =.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=..=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.= FERTILIZAÇÃO O primeiro Laboratório de Fertilização in Vitro para Melhoramento Genético Animal do Rio Grande do Norte será inaugurado na próxima terça-feira, 01/09. O empreendimento do Instituto BioSistêmico (IBS) funcionará na capital potiguar, Natal,  e tem como objetivo contribuir para o fomento da pecuária de corte e de leite do Estado e de toda a região Nordeste. FERTILIZAÇÃO 2 A técnica de fertilização in vitro (FIV) com transferência de embriões é o que há de mais novo no mundo quando se fala em reprodução animal em escala comercial. Além dos resultados rápidos e precisos, é a melhor forma de desenvolver a genética bovina, assegurando aos produtores que os animais produzidos terão condições de enfrentar as adversidades climáticas de cada região. FERTILIZAÇÃO 3 Há quatro anos, o IBS coordena a realização dos procedimentos de FIV nos projetos Gene Leite e Gene Corte executados para o Sebrae/RN. Com o laboratório instalado em Natal, o atendimento aos produtores que integram esses projetos será facilitado. Além disso, será ampliado o acesso a essa importante tecnologia para os produtores nordestinos. O Laboratório tem capacidade de produção de 4.500 embriões por mês e a perspectiva é abranger a totalidade das regiões Nordeste e Norte do País. ADVOGADOS A eleição para a OAB/RN está marcada para 16 de novembro próximo. Até agora, nenhuma campanha foi colocada na rua. A expectativa é que, após o feriado de 7 de setembro, candidatos e candidatas deem o ar da graça. CIDADÃ Nascida na Suíça e residente em Natal há quase 30 anos, Loyse Madeleine Raboud Mascarenhas de Andrade receberá nesta terça-feira (1º), o título de cidadã natalense das mãos da vereadora Eleika Bezerra, propositora da honraria. A solenidade será às 18h30, no Plenário da Câmara Municipal de Natal. CIDADÃ 2 A homenageada foi a primeira estagiária suíça da obra fundada por Padre Sabino no bairro de Mãe Luiza e veio para Natal com a intenção de passar apenas um ano colaborando com uma experiência social que beneficiasse os mais pobres. No entanto, ela percebeu que sua missão estava na capital potiguar. ESTETICISTA O deputado estadual Dison Lisboa promove nesta terça-feira (1º) audiência pública para tratar da regulamentação da profissão de esteticista no Rio Grande do Norte. A profissão existe há mais de 60 anos no Brasil, mas ainda sofre com a falta de regulamentação e de um conselho. A audiência acontece no auditório Robinson Faria (Plenarinho), às 15h, na Assembleia Legislativa. ESTETICISTA 2 Estimativas apontam que no Brasil existam mais de um milhão de esteticistas, dos quais 350 mil são formados em cursos técnicos. No Rio Grande do Norte, a Associação Norteriograndense de Profissionais da Estética e Cosmetologia (Anpec) não tem estimativas de quantas pessoas trabalham no ramo, mas a informalidade é um dos fatores que mais prejudicam o exercício da profissão. BIBLIOTECÁRIA A 7ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho decidiu pela reintegração ao emprego a uma bibliotecária demitida um dia após ter sido eleita vice-presidente do recém-criado Sindicato dos Bibliotecários do Estado de Santa Catarina. A trabalhadora informou que foi demitida sem justa causa logo após ter participado da assembleia de fundação do sindicato, quando houve a eleição dos dirigentes. O juízo de primeiro grau determinou sua reintegração, mas o Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região validou a rescisão contratual, entendendo que ela não detinha a estabilidade provisória, porque os atos constitutivos da entidade foram registrados no cartório posteriormente à dispensa. ALUNO Pai, ano que vem você não precisa gastar nadinha para comprar  meus livros. - É mesmo, Joãozinho? Por quê?- pergunta o pai todo alegre. - É que eu fui reprovado. Entre em contato comigo: E-mail: [email protected] WhatsApp: (84) 9 9401-5905 Twitter: @joaoricardo_rn
12 ago por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Lula diz que voltará a viajar pelo país para defender governo e o PT

[caption id="attachment_37796" align="aligncenter" width="580"]LULAMARCHADASMARGARIDAS1_FabioRodriguesPozzebomAgenciaBrasil Lula participou da abertura da Marcha das Margaridas (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom /Agência Brasil)[/caption] Como respostas às críticas ao governo da presidenta Dilma Rousseff e ao PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem (11) que está preparando a retomada de suas viagens pelo país. Em discurso na abertura da 5ª Marcha das Margaridas, Lula defendeu a gestão de Dilma. “Queria dizer para vocês que há cinco anos deixei a Presidência e tem gente que me encontra e se queixa de que não falo com a imprensa, e não falo porque não é papel de um ex-presidente falar, porque o papel é da presidenta", disse. " Agora, estou quieto no meu canto, mas todo santo dia tem uma provocação, tem uma coisa e eu estou quieto. Mas quero dizer agora estou dizendo que estou preparando o meu caminho para voltar a viajar por este país”. Para as camponesas, Lula disse que, além dele, a presidenta Dilma, ministros, deputados e senadores da base aliada viajarão pelo Brasil país para discutir os problemas do país. “A presidenta já começou a viajar, os ministros irão para outro canto, os deputados para outro, os senadores para outro e eu para outro, quero ver se os nossos adversários estão dispostos a andar por este país e discutir este país”. O ex-presidente falou também sobre as dificuldades do atual momento econômico. “Muita gente está preocupada em perder o emprego”, disse. E pediu apoio dos movimentos sociais em defesa do que das conquistas das administrações petistas, como maior distribuição de renda, acesso ao crédito e redução da pobreza. “Quando a gente está preocupado, tem que saber o que a gente era quando começamos esta luta, como era esse país há 12 anos, na época dos [atuais] salvadores da pátria”, afirmou. O petista admitiu que a presidenta pode ter cometido erros, mas que os problemas do país não são responsabilidade só dela. “São problemas nossos. É claro que ela pode errar, como eu errei, como qualquer um erra, como vocês erram como mães. Nem sempre a gente faz as coisas que são aceitas 100% pelos filhos. Sabemos disso, mas quando ela errar, ela é nossa e temos que ajuda-la a consertar para a gente poder fazer esse país ficar muito melhor”. Lula atribuiu à crise internacional a responsabilidade pelo atual dificuldade econômica enfrentada pelo Brasil e pediu tempo para que Dilma possa superar os problemas. “Não julguem o governo por seis meses de mandato”. Bastante aplaudido, o ex-presidente disse ainda que apenas decidiu participar da Marcha das Margaridas quando soube que estaria em um momento distinto da presidenta Dilma. “Estava muito receoso de vir aqui, afinal de contas um ex-presidente da República precisa tomar cuidado no lugar que ele vai. Embora a marcha já seja conhecida do povo brasileiro, achava que era marcha que deveria ter um encontro com a presidenta Dilma. Só quando fiquei sabendo que a Dilma ia participar do encerramento e eu da abertura, decidir vir porque nem eu atrapalho ela, nem ela me atrapalha. E eu vim com orgulho”.   Fonte: Agência Brasil
22 abr por João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Inspirações, cafezinhos, Lula e os almoços no “cardápio” de Robinson

[caption id="attachment_33640" align="aligncenter" width="1069"]ROBINSONELULA Robinson Faria, ainda candidato ao Governo do RN, foi a Brasília receber o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva[/caption]   A Assessoria de Comunicação do Governo do RN informa que "plano de ações do Ceará vai inspirar programa antidrogas no RN". E continua: "O governador Robinson Faria reuniu-se na tarde desta quarta-feira, 22, com o líder do executivo cearense, Camilo Santana, no Palácio da Abolição, em Fortaleza. O encontro teve como finalidade detalhar o plano antidrogas implantado no Ceará, o qual deve inspirar as políticas públicas de combate ao uso de drogas no Rio Grande do Norte. A reunião contou com a presença de secretários e autoridades ligadas à área de segurança e ao ministério público dos dois estados". Ok. Parabéns pela busca de inspiração. Acredito, de verdade, que o Ceará não produza somente excelentes escritores, grandes músicos e humoristas talentosos. Mas esse papo de buscar "inspiração" é mais um capítulo de blablablá, pura produção de notícia, nada mais. Vários governos buscaram essas "inspirações". O governo de Rosalba Ciarlini, de quem Robinson Faria era vice governador, produziu inúmeros comunicados falando de programas antidrogas. Eu mesmo redigi, na qualidade de assessor de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (de fevereiro de 2011 até dezembro de 2013), diversos textos relatando encontros, debates, assinatura de convênios. Mas o que acontece aqui no RN - e certamente em muitos outros estados brasileiros - é o jogar para a plateia. Os programas são da gestão. Quando começa a outra, nada, com raríssimas exceções, tem prosseguimento. Não existe programa de governo. E tome viagem pra lá, pra cá. Haja cafezinho. Tome diária. Conversa vai, conversa vem. Fotos surgem para todos os gostos nas redes sociais. E a linguiça vai sendo enchida. Já estamos quase no final de abril. É pouco tempo da gestão de Robinson Faria?! Sim, concordo, é pouco tempo. Mas é que o tempo passa rápido demais, principalmente para quem precisa de ações governamentais urgentes. A gestão que aí está chegou com moral. Derrotou a megaestrutura montada pela equipe do então deputado federal Henrique Eduardo Alves. Democraticamente, o povo do Rio Grande do Norte,   "oprimido, do operário ao doutor", como cantavam os aluizistas na década de 60, elegeu Robinson seu governador. E exige resposta. Por enquanto, o que estamos vendo é um esforço medonho da equipe de comunicação para mostrar que os dias vividos por aqui são melhores. Mas o sentimento nas ruas, nos hospitais, na Casas dos Estudantes, nos bastidores das secretarias de Estado e em gabinetes da Assembleia Legislativa, inclusive alguns aparentemente "de situação", é outro. Fala-se muito, demais! Os sorrisos estão estampados por aí. Empresários prometem investimentos no turismo, inspirações cearenses permeiam os sonhos de alguns governistas, Zico já deixou sua camisa por aqui, sim, algumas "coisas" estão acontecendo, mas ainda muito fraquinhas, acanhadas, feijão com arroz sem sal, sem tempero e, se brincar, sem água! Torço para o sucesso do governo, independentemente de quem seja o governador. Mas continuo acreditando que Robinson Faria está sendo muito mal assessorado, em várias áreas. Como jornalista há mais de 20 anos, sempre atuando por essas bandas, não precisei buscar especialização acadêmica para saber quando falam a verdade ou quando apenas estão alimentando o caos, adiando as péssimas notícias. Sem ser completamente pessimista, aplaudo Robinson, quando busca, pelo menos, inspiração para minimizar a ação das drogas em nosso RN. Mas o governador precisa ser mais cauteloso, olhar mais para os lados, observar mais os almoços das sextas-feiras comandados por alguns dos seus auxiliares (como ocorria na gestão de Rosalba). Os viciados no poder não estão preocupados com o bem estar da população. O primeiro de abril do primeiro ano do mandato passou; no calendário. E o que menos os eleitores que confiaram em Robinson querem ouvir dele, daqui a um tempo, em caso de um desastre governamental, é que "não sabia de nada", como fez o ex-presidente Lula, a quem buscou apoio (e será que também inspiração?!) em Brasília, quando era candidato, ano passado.    
× Fale no ZAP