21 jul por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

General Girão seguiria a ex-chefe Rosalba ou o capitão Bolsonaro?

O PSL, que tem como pré-candidato a presidente do Brasil o deputado federal Jair Bolsonaro, está com dificuldades de encontrar o vice para ele. A advogada Janaína Pascoal pode ser uma opção, o que faria uma chapa sangue puro. No Rio Grande do Norte, até agora, o partido tem divulgado que não apoiará nenhum candidato ao Governo do Estado. E se houver segundo turno, a posição será a mesma ou, de repente, por alguns motivos, o PSL se "curvaria"? [caption id="attachment_52802" align="aligncenter" width="640"] General Girão, quando tomou posse no Governo de Rosalba (Foto: Wellington Rocha)[/caption] O único pré-candidato a deputado federal pelo PSL, até agora, no RN é o general da reserva do Exército Eliéser Girão Monteiro Filho, que foi secretário da Segurança Pública e da Defesa Social do Estado, quando Rosalba Ciarlini era governadora. E também foi seu secretário em Mossoró, agora com Rosalba como prefeita, mas deixou o cargo para tentar uma vaguinha em Brasília. Se Rosalba pedisse, será que Girão não apoiaria Carlos Eduardo Alves e Kadu, filho de sua ex-chefe, num eventual segundo turno? O que diria Bolsonaro sobre isso, já que fala tanto em nova política? O capitão Bolsonaro influenciaria mais na decisão de Girão?
× Fale no ZAP