Tag: investimentos

15 jan por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Segurança no RN: Governo anuncia investimento “nos próximos meses”

Não é novidade para ninguém que o Rio Grande do Norte, assim como todos os Estados brasileiros, necessita de investimentos na área da Segurança Pública, não apenas para a aquisição de material, como também para garantir a contratação de servidores, principalmente policiais militares, civis e bombeiros. O Governo potiguar acaba de anunciar um aporte do Governo Federal, que beira os R$ 80 milhões, mas fica à vontade para dizer que as melhorias serão efetivadas "nos próximos meses", ou seja: pode ser em três, cinco, oito, doze, quinze, quantos meses forem necessários para que o tal convênio seja concluído. Assim, fica fácil demais!

Abaixo, o comunicado da Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte.

Nos próximos meses o Rio Grande do Norte receberá uma série de investimentos na Segurança Pública, através de um convênio firmado com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Será um total de R$ 79.973.763,73 milhões destinados para diversos setores e órgãos que fazem parte da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).  

15 out por João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

PEC 241 pode dificultar cumprimento de metas do PNE, dizem entidades

professor_fgsbr O novo regime fiscal, decorrente da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, poderá inviabilizar o  cumprimento das metas de melhoria da educação previstas no Plano Nacional de Educação (PNE), segundo entidades que atuam no setor. Enquanto a PEC prevê um teto global para os gastos do governo, o PNE estabelece uma expansão de investimentos, mais vagas e escolas melhores, que necessitarão de investimento em infraestrutura. O PNE, lei sancionada em 2014, estabelece metas e estratégias para melhorar a qualidade da educação até 2024. As metas vão desde a educação infantil até a pós-graduação e incluem valorização dos professores e melhorias em infraestrutura.
22 abr por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Investimento estrangeiro soma US$ 17 bilhões no 1º trimestre

DOLAR1 Os investidores estrangeiros voltaram a apostar na retomada da economia brasileira em março. Dados divulgados na quarta-feira (20) pelo Banco Central apontam a entrada US$ 5,557 bilhões em Investimento Direto no País (IDP) no mês passado, sendo US$ 3,1 bilhões em participação de capital (compra de ações empresas). Com o resultado de março, o primeiro trimestre somou quase US$ 16,933 bilhões em investimento externo no Brasil, superando os cerca de US$ 13,149 bilhões registrados no intervalo janeiro-março de 2015. Já no acumulado de 12 meses, o capital entrante soma US$ 78,9 bilhões, atingindo 4,56% do Produto Interno Bruto (PIB). O ingresso maior de capital e o superávit da balança comercial de US$ 11 bilhões até a terceira semana de março são fatores que ajudaram o Brasil a reduzir o déficit em conta corrente, que registra todas as operações do País com o exterior. Em março, o saldo negativo da conta corrente foi de US$ 855 milhões, superando a projeção inicial do BC de US$ 1,7 bilhão. Foi o menor déficit mensal desde 2009, quando o saldo ficou negativo em US$ 828,5 milhões no mês de agosto daquele ano. Já no acumulado de 12 meses, o saldo negativo foi de US$ 41,4 bilhões, equivalente a 2,39% do PIB. É a menor participação em relação ao PIB menor desde 2010, quando o déficit representou 3,7% do PIB. As transações correntes envolvem todos os produtos e serviços que o Brasil negocia com o exterior. Os números indicam que Brasil está conseguindo financiar o saldo negativo na conta de transações correntes do balanço de pagamentos. Ou seja, o País diminui a necessidade de financiamento externo. O Banco Central registrou aumento no saldo das reservas internacionais, com US$375,2 bilhões ao final de março. O volume aumentou US$3,5 bilhões em relação ao final de fevereiro. Fonte: Portal Brasil, com informações do BC e do MDIC
23 mar por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Fecomércio: projetos do Sesc 2016 terão investimentos de mais de R$ 50 mi em obras

[caption id="attachment_45157" align="aligncenter" width="1181"]MARCELOQUEIROZFECOMERCIO1_DIVULGACAO Resumo dos números foi apresentado nesta terça-feira, 22, pelo presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz[/caption] Um senhor com ar juvenil, nascido no final dos anos 40, e que chega aos 70 anos com a nobre missão de transformar a vida de milhões de brasileiros. Este é o Sesc, que tem como meta atender 22,8 milhões de pessoas em 2016 somente no Rio Grande do Norte, promovendo ações nas áreas de Educação, Saúde, Cultura, Lazer e Assistência. Na área de Educação, serão mais de cinco mil alunos matriculados nas diversas modalidades de educação; 1,6 milhão de atendimentos em saúde. Além disso, serão oferecidas cerca de 1,4 milhão de refeições balanceadas e a preços subsidiados fornecidas aos comerciários; quase um milhão de atendimentos em projetos culturais; 33 mil pessoas beneficiadas com atividades de lazer e em 13 modalidades esportivas oferecidas nas unidades; e 16 milhões de atendimentos em assistência social, incluindo projetos como o Mesa Brasil e Trabalho Social com Idosos. Um dos grandes destaques foi o pacote de obras de reforma e ampliação de praticamente todas as unidades do Sesc no estado. Serão mais de R$ 50 milhões investidos, modernizando e tornando as unidades mais funcionais e confortáveis. A maior obra está sendo realizada no Sesc Mossoró, que recebe investimentos superiores a R$ 20 milhões que dobrarão sua capacidade de atendimento nas áreas de educação e odontologia. Um resumo dos números foi apresentado nesta terça-feira, 22, pelo presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, em um café da manhã promovido na sede da Federação, que contou com a presença de membros da diretoria do Sistema, presidentes de sindicatos filiados, conselheiros de Sesc e Senac, secretários de estado e do município de Natal, imprensa e representantes da classe artística e cultural. “O nível de excelência e de capilaridade das ações e projetos do Sesc já são conhecidos e reconhecidos. O que estamos fazendo aqui hoje é reunir em um único momento a divulgação de tudo o que faremos ao longo do ano. Além disso, também estamos reafirmando o compromisso com investimentos em ampliação e reforma de várias unidades nossas, mesmo diante de todo o cenário de dificuldades econômicas que estamos atravessando. São números vultosos e que reforçam o nosso compromisso com o cuidado das pessoas e com a promoção do desenvolvimento do nosso estado”, declarou Queiroz. Os programas foram apresentados por meio de uma peça teatral, que contemplou os diversos projetos realizados sistematicamente pelo Sesc RN e contanto um pouco da história da entidade que completa 70 anos em 2016. Na área de educação, por exemplo, as escolas de Mossoró, Caicó, Potilândia, Macaíba, Zona Norte, Nova Cruz e São Paulo do Potengi irão receber 5.653 alunos. Serão mais de 1,8 milhão de atendimentos na educação infantil, fundamental, de jovens e adultos, complementar, acompanhamento pedagógico, preparatórios para o Enem, cursos de valorização social e estudos ambientais. Consultas nutricionais, fornecimento de refeições balanceadas, educação em saúde, orientação a fumantes, assistência médica, odontológica, oftalmológica e voltada para a prevenção da saúde da mulher. Estas são apenas algumas das vertentes do que o Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc, promove na área de saúde. “É de encher os olhos as ações desenvolvidas pelo Sesc apresentadas aqui hoje. Com relação ao trabalho desenvolvido pelo Sistema Fecomércio RN voltado para as mulheres, as ações do Sesc são fundamentais para potencializar o lugar da mulher na sociedade, na introdução das questões de gênero, empoderamento feminino a da questão da mulher no mercado de trabalho”, afirmou a secretária municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Aparecida França. Já na área de assistência, alguns dos projetos apresentados foram o Mesa Brasil, o Trabalho Social com Idosos e o Sesc Cidadão. Com o intuito de promover o desenvolvimento físico-esportivo, recreação e turismo social, o Sesc realizará esse ano atividades como a Meia Maratona de Revezamento, Corrida do Comerciário, Jogos dos Comerciários, Projeto de Atividades Psicomotoras, Lúdicas e Esportivas (Aples), entre outras atividades de lazer. “A compreensão que o Sesc apresentou através dos seus projetos e programas, revela uma certa identidade de propósito com as políticas públicas desenvolvidas no âmbito do Governo do Estado. Reconhecemos aqui instrumentos de promoção humana, de valorização da dignidade, e sobretudo, para a formação das pessoas”, disse o secretário estadual de Esportes e do Lazer, Canindé França. Na cultura, Palco Giratório, Cine Sesc, BiblioSesc, Sonora Brasil, Circuito Sesc de Artes Cênicas, Sesc Partituras, Galeria Sesc, Parcerias Sinfônicas, foram alguns dos projetos da área apresentados na manhã de hoje, e que devem resultar em quase 1 milhão de atendimentos até o final deste ano. “O formato dramatúrgico de apresentar esta programação foi sensacional. O Sesc cada vez mais se qualifica nas diversas áreas em que atua, e patrocina um processo de formação para a sociedade potiguar. Na área de cultura, trabalha em processos abertos, com a identidade local, sempre diversificando com as culturas de outras regiões do país. Isso é o molho essencial para que se crie uma identidade cultural. E o Sesc cumpre muito bem esse papel”, analisou o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.   Fonte: Assessoria de Comunicação e Marketing da Presidência do Sistema Fecomércio RN
16 fev por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Prefeito de Parnamirim anuncia investimentos para 2016

MAURICIOMARQUESLEITURA20161_CEDIDA O prefeito Maurício Marques anunciou, na leitura da mensagem anual, na Câmara Municipal de Parnamirim, as metas para 2016. Apesar da crise, o chefe do executivo municipal anunciou que as obras não vão parar em Parnamirim "Iremos entregar escolas, unidades de saúde e pavimentar novas ruas", afirmou o prefeito em sua última leitura, após 7 anos comandando a administração municipal. Na mensagem, Maurício Marques também falou das dificuldades e das obras realizadas nesses últimos anos. Sobre a crise financeira explicou "Parnamirim não parou com a crise. Em momentos de dificuldades devemos trabalhar com mais empenho e assim conseguimos o sucesso", explicou. O prefeito também falou sobre os investimentos realizados nos últimos 7 anos. Foram mais de 210 milhões em obras, onde destacou: a pavimentação de 415 ruas, a construção de 13 novas Unidades Básicas de Saúde, nove novas escolas, 11 Centros Infantis, uma ponte sobre o rio Pitimbu, transbordo, um novo cemitério e um Centro Administrativo. Em seu discurso o prefeito traçou as metas para 2016. Na mensagem foi confirmada a entrega da nova Escola Municipal Sadi Mende, três novas Unidades Básicas de Saúde, dois Centros Infantis, a construção da Lagoa de Captação de águas pluviais do portal Jiqui II, capeamento asfáltico da Cohabinal e do conjunto Parnamirim II e a inauguração da Praça do PAC, localizada no bairro Joquei Club. O vereador, Antônio Batista, disse que a parceria entre a Câmara e a Prefeitura é firme e avaliou de forma positiva o discurso do prefeito "A Câmara e a Prefeitura sempre trabalharam em parceria. A mensagem do prefeito trouxe energias positivas para todos nós. Não só para os políticos, mas para todos os parnamirinenses, pois esse é um governo acreditado", afirmou o vereador.   Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Parnamirim BANNERPARNA
6 out por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Petrobras anuncia redução de 11 bilhões de dólares em investimentos

PETRO2_80GRAUSCOMBR A Petrobras anunciou uma redução de US$ 11 bilhões em investimentos neste e no próximo ano, comparado ao que estava previamente definido no Plano de Negócios e Gestão 2015-2019. A informação foi divulgada na noite desta segunda-feira (5), por meio de nota, na qual a companhia expõe os motivos da revisão. “A Petrobras informa que, diante dos novos patamares de preço do petróleo [Brent] e da taxa de câmbio [R$/US$], ajustou seu planejamento financeiro para os anos de 2015 e 2016. Na divulgação do Plano de Negócios e Gestão 2015-2019 (PNG 2015-2019) a companhia havia informado que a execução do plano estaria sujeita a fatores de risco que poderiam impactar adversamente suas projeções, dentre os quais estão incluídas mudanças de variáveis de mercado, como preço do petróleo e taxa de câmbio.” A estatal explicou que estava ajustando suas previsões de investimento e gastos operacionais gerenciáveis para preservar seus objetivos fundamentais de desalavancagem e geração de valor para os acionistas. A projeção de arrecadação para o biênio 2015-2016 foi mantida em US$ 15,1 bilhões com a venda de ativos, sendo cerca de US$ 700 milhões em 2015 e US$ 14,4 bilhões em 2016. "As metas de produção média diária de petróleo no Brasil, previstas no PNG 2015-2019 [2,125 milhões de barris por dia em 2015 e 2,185 milhões de barris por dia em 2016], permanecem inalteradas.”   Fonte: Agência Brasil Foto: 80graus.com.br
8 abr por Henrique Goes Tags:, ,

DILMA GARANTE INVESTIMENTO DE R$ 32 BILHÕES NO COMBATE À SECA

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (8) que a situação da seca no Nordeste e no norte de Minas Gerais permanece grave. Segundo ela, o governo está investindo um total de R$ 32 bilhões nas chamadas obras estruturantes, que garantem o abastecimento de água de forma definitiva, como barragens, canais, adutoras e estações elevatórias. [caption id="" align="aligncenter" width="480"] Imagem de internet[/caption] No programa semanal de rádio Café com a Presidenta, ela lembrou que, na semana passada, o governo federal anunciou também a ampliação de ações emergenciais para combater a seca na região. Em reunião com governadores em Fortaleza, Dilma anunciou mais R$ 9 bilhões em ações de enfrentamento à estiagem. “Esta seca é a maior dos últimos 50 anos e já atingiu mais de 1.415 municípios. O governo federal não vai permitir que o povo do Semiárido e de todo o Nordeste fique desamparado. Enquanto houver seca, nós vamos agir. Vamos acelerar as obras estruturantes, vamos acelerar as ações emergenciais para ajudar a população a enfrentar todas as dificuldades.” A previsão é que cada município atingido receba uma retroescavadeira, uma motoniveladora, dois caminhões (um caminhão-caçamba e um caminhão-pipa) e uma pá-carregadeira. O governo vai fornecer também 340 mil toneladas de milho nos meses de abril e maio para serem vendidas a preço subsidiado para os produtores. “E, daí para frente, enquanto a seca durar, nós vamos colocar 160 mil toneladas a cada mês. Nós vendemos esse milho a um preço muito subsidiado, a um preço de R$ 18 a saca, que é muito abaixo do preço praticado pelo mercado. Para que esse milho chegue rapidamente a quem precisa, ele vai por mar até o Nordeste, até os portos nordestinos. E, a partir daí, cada governador se encarrega da distribuição.” Dilma ressaltou que a seca prolongada prejudica a economia dos municípios mais afetados. Ela destacou ações já anunciadas pelo governo como a criação de uma linha de crédito especial, com juros mais baixos, para apoiar os produtores rurais, o comércio e as pequenas e médias empresas dessas localidades. “Nós liberamos R$ 2,4 bilhões e agora nós estamos liberando mais R$ 350 milhões justamente para esse crédito emergencial, para toda atividade produtiva na região do Semiárido.”, explicou. Outra medida citada pela presidenta consiste em renegociar as dívidas dos agricultores do Semiárido, prorrogando por dez anos o prazo para pagamento de empréstimos. “O Nordeste foi a região do nosso país que mais cresceu nos últimos anos e faremos tudo para não deixar que essas conquistas alcançadas nos últimos dez anos se percam. Agora, nosso desafio é garantir segurança hídrica e segurança produtiva à população do Semiárido”, acrescentou.   Fonte: Agência Brasil
× Fale no ZAP