Tag: Ética

24 jul por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Pré-candidata à vereadora: jornalista Nelly Carlos defende ética e moralidade na política

[caption id="attachment_48945" align="aligncenter" width="712"]NELLY-CARLOS Nelly Carlos defende ética, moralidade e uma cidade prestando serviços de qualidade aos cidadãos[/caption] Joaquim Pinheiro Filiada ao PV desde 2013, a jornalista Nelly Carlos Maia, que até pouco tempo presidiu o Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Norte, decidiu assumir  um grande desafio: a convite do então senador Paulo Davim, entrou na vida pública e será candidata à vereadora em Natal nas eleições deste ano, mesmo sabendo ser uma tarefa árdua e difícil. Entretanto, Nelly diz que é uma pessoa determinada e que não foge à luta. “Temos que mudar o perfil dos políticos brasileiros, porque a situação só piora, daí minha decisão de disputar um mandato eletivo em Natal para cobrar melhorias para a saúde, por exemplo”, disse ela, sugerindo inovações que passa por um maior comprometimento dos vereadores, como adotar espaços públicos através de sorteio (posto de saúde, praças, escolas) para que fiquem sob a responsabilidade do legislador e assim cuidar da estrutura física e das demandas, também. “Melhora o atendimento e os serviços oferecidos à população”, sugere a pré-candidata do PV, dizendo ainda, que “o vereador deve ser o facilitador dos serviços públicos para atender a população”.
8 out por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Comitê de Ética da Fifa suspende Blatter, Platini e Valcke por 90 dias

JOSEPHBLATTER1 O Comitê de Ética da Federação Internacional de Futebol (Fifa) decidiu suspender, por 90 dias, o presidente da entidade, Joseph S. Blatter (FOTO), o presidente da União das Federações Europeias de Futebol e vice-presidente da Fifa, Michel Platini, e o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que já estava afastado do cargo. A suspensão, segundo comunicado da Fifa, poderá ser estendida, desde que o novo período não ultrapasse 45 dias. Ainda de acordo com a nota, o ex-vice-presidente da Fifa e pré-candidato à presidência da entidade Chung Mong-joon foi banido do futebol por seis anos e multado no valor de 100 mil francos suíços. “Durante este período, os indivíduos em questão estão banidos de todas as atividades relacionadas ao futebol a nível nacional e internacional. As suspensões passam a valer imediatamente”, informou a entidade. As decisões, segundo o comunicado, foram tomadas com base em investigações realizadas pela câmara investigatória do Comitê de Ética da Fifa. No caso de Blatter, o processo está sendo conduzido por Robert Torres, enquanto Vanessa Allard está à frente da investigação em torno de Platini.     Fonte: Agência Brasil
× Fale no ZAP