Tag: Depoimentos

29 mar por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Juiz Sérgio Moro marca data de depoimentos de réus da Lava Jato

SERGIOMORO2 O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na 1ª instância, marcou para o próximo mês o interrogatório dos réus, em mais uma ação penal. O pecuarista José Carlos Bumlai e outras 9 pessoas serão ouvidas a partir do dia 13 de abril. O pecuarista foi preso no dia 24 de novembro do ano passado, na Operação Passe Livre, 21ª fase da Operação Lava Jato, que investiga indícios de fraude em licitação da contratação de navio sonda pela Petrobras. A prisão de Bumlai ocorreu no mesmo dia em que ele iria depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES, na Câmara dos Deputados. As audiências marcadas por Moro terão início com os depoimentos do empresário Salin Taufic Schahin e do ex-diretor da Petrobras Eduardo Costa Vaz Musa, no dia 13. Na semana seguinte, Moro faz a oitiva do lobista Fernando Falcão Soares, dos ex-diretores da Petrobras Nestor Cerveró e Jorge Luiz Zelada, do ex-tesoureiro do PT  João Vaccari Neto e dos empresários Milton Taufic Schahin e Fernando Schahin, ligados à Construtora Schain. Já no dia 25, o juiz vai escutar o filho de Bumlai, Maurício de Barros Bumlai, e o próprio pecuarista. A denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra os réus foi aceita por Moro em dezembro do ano passado. Eles foram denunciados pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.   Fonte: Agência Brasil
28 abr por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

CEI da STTU e Seturn dá continuidade a depoimentos

CEISTTU1_ELPIDIOJUNIOR Nesta segunda-feira (27), a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal de Natal, que investiga a relação entre Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) e Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Seturn), realizou oitiva com Priscilla Maria Martins, chefe da Procuradoria Fiscal da Procuradoria Geral do Município (PGM), e Francisco Xavier de Oliveira Neto, presidente da Junta Administrativa de Recursos de Infração de Transporte (JARIT). Francisco Xavier informou que a STTU recebe em média 500 processos por mês, sendo apenas três julgadores para avaliar. "Todavia, acredito que o número de profissionais é suficiente para a demanda", afirmou. De acordo com Priscilla Martins foram 22 mil processos só no mês de dezembro. "Precisamos fazer um levantamento de todas as ações ajuizadas para identificar o que existe sobre as empresas de ônibus", explicou. O presidente da CEI, vereador Fernando Lucena (PT), disse que os depoimentos dos dois funcionários da administração municipal não acrescentaram informações relevantes aos trabalhos de investigação. "É inadmissível dono de empresa não pagar multa. Se pagassem, a prefeitura teria recursos extras para investir nos postos de saúde e escolas que estão caindo aos pedaços". Para o vereador Aroldo Alves (PMDB), membro da CEI, a situação da STTU é caótica. "Essa instituição precisa estar bem aparelhada para atender ao volume de exigências. Diante do quadro, resta cruzar os dados que temos e chamar outras autoridades para prestar esclarecimentos à população", concluiu.   Fonte: Portal da CMN / Foto: Elpídio Júnior
× Fale no ZAP