Tag: cinema

16 jan por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

MPF defende legenda e janela com intérprete em Libras para todos os filmes

CINEMA1 O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo apresentou ação civil pública contra a Agência Nacional de Cinema (Ancine) e dez distribuidoras de filmes que atuam no país para que todos os filmes nacionais e estrangeiros tenham legendas e janela com intérprete de língua brasileira de sinais (Libras). As distribuidoras não poderão fornecer apenas cópias dubladas, e a Ancine deverá fiscalizar o cumprimento da ordem. De acordo com o MPF, o objetivo da ação é garantir acessibilidade das pessoas com deficiência auditiva aos filmes exibidos nos cinemas brasileiros. Em inquérito feito pelo Ministério Público, verificou-se que muitos cinemas no país disponibilizam somente cópias dubladas dos filmes, o que inviabiliza a compreensão do conteúdo pelas pessoas com deficiência auditiva, apesar de a legislação brasileira garantir a elas o direito de acesso aos meios de comunicação. Na ação, o MPF pede a adoção dos recursos técnicos necessários para a acessibilidade. Segundo o procurador regional dos Direitos do Cidadão, Pedro Antônio de Oliveira Machado, o cinema hoje é um dos principais veículos de cultura, educação, lazer e informação. Para Machado, privar os deficientes auditivos do acesso a obras cinematográficas é privá-los de exercer de forma plena e irrestrita sua cidadania. De acordo com o Ministério Público, apesar de a legenda comum garantir a compreensão do diálogo entre personagens e eventuais narrações no decorrer dos filmes, seria necessária a legenda da forma closed caption, que inclui os efeitos sonoros, a fim de garantir a total compreensão da obra. E, para que também as pessoas com deficiência compreendam integralmente a obra, seria preciso a incluir a janela com o intérprete de Libras. As 10 distribuidoras citadas pelo MPF são: Universal Pictures; Walt Diney Company; Fox Film; Warner Bros; Paramount Pictures; Freespirit; Sony Pictures; WMIX e Diamond Films. A ação pede, em caráter liminar, que, em um prazo de 60 dias, as distribuidoras de filmes citadas insiram legendas abertas ou descritivas na forma closed caption, assim como janela com intérprete de Libras em todas as cópias de produções audiovisuais destinadas ao mercado nacional.   Fonte: Agência Brasil
5 dez por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Atriz Marília Pêra morre aos 72 anos no Rio de Janeiro

MARILIAPERA1 A atriz Marilia Pêra, de 72 anos, morreu às 6h da manhã de hoje (5), em sua residência, no Rio de Janeiro. A causa da morte não foi divulgada, mas há cerca de um ano ela estava afastada do trabalho por problemas de saúde. Uma das mais completas atrizes do Brasil, Marília Pêra teve intensa atuação no teatro, televisão e cinema e também era cantora, bailarina, coreógrafa, produtora e diretora de espetáculos teatrais e musicais. A atriz nasceu no Rio em 22 de janeiro de 1943 e era filha de um casal de atores, Manuel Pêra e Dinorah Marzullo. Aos quatro anos de idade, ela já pisava no palco, levada pelos pais, que faziam parte do elenco da companhia de Henriette Morineau. Na adolescência, passou a atuar como bailarina e intérprete em musicais como Minha Querida Lady, estrelado por Bibi Ferreira. Nas primeiras décadas da carreira, entre seus inúmeros sucessos teatrais, destacam-se a peça Fala baixo senão eu grito (1969), de Leilah Assumpção, pela qual Marilia recebeu os prêmios Moliére e da Associação Paulista de Críticos de Arte, e os musicais O teu cabelo não nega (1963) e A pequena notável (1966), nos quais interpretou Carmen Miranda. Ainda nos anos 60, chegou a ser presa durante uma apresentação do musical Roda Viva (1968), de Chico Buarque, considerado de contestação à ditadura militar. Na televisão, atuou em novelas desde os tempos da extinta TV Tupi (Beto Rockfeller) e depois na TV Globo, em sucessos como Uma Rosa com Amor, Malu Mulher, Brega & Chique, Primo Basílio, Rainha da Sucata, Meu Bem Querer e a série Os Maias. Sua última aparição foi no seriado Pé na Cova, lançado em 2013. No cinema, foi brilhante sua atuação no papel de uma prostituta no filme Pixote, a lei do mais fraco, de Hector Babenco (1980). Também foram marcantes em sua carreira os filmes Tieta do Agreste, de Cacá Diegues; Central do Brasil, de Walter Salles, e Bar Esperança, de Hugo Carvana. A carreira de Marília Pêra soma números impressionantes. No teatro, como atriz e diretora, ela atuou em 55 peças. No cinema, foram 27 filmes e na televisão 26 participações em novelas e seriados. Marília coleciona um total de 37 prêmios de melhor atriz, entre 1969 e 2009. Por meio do seu perfil no Twitter, a presidenta Dilma Rousseff expressou pesar pelo falecimento da atriz Marília Pêra. “Uma das artistas mais talentosas do País, que dedicou sua vida à arte”, disse a presidenta. De acordo com a presidenta, a atriz sempre encantou os brasileiros com sua arte na televisão, no cinema e no teatro, quer fosse interpretando, cantando, dançando, dirigindo ou produzindo. A presidenta Dilma também expressou seus sentimentos aos amigos, aos familiares e ao Brasil pela perda. Fonte: Agência Brasil
26 dez por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Filmes financiados com recurso público terão legendas em Libras

CINEMA1   Os filmes e demais produções audiovisuais financiadas com recursos públicos deverão ser acessíveis a pessoas com deficiência visual e auditiva. Para isso, deverão fornecer legenda descritiva, audiodescrição e Língua Brasileira de Sinais (Libras). A definição é parte de instrução normativa da Agência Nacional do Cinema (Ancine) e vale para todos os projetos aprovados a partir da data da publicação, dia 18 de dezembro. O documento passou por consulta pública entre abril e maio deste ano. A instrução normativa estabelece que projetos de produção audiovisual financiados com recursos da Ancine deverão contemplar esses serviços em seus orçamentos. Materiais entregues para fins de depósito legal em sistema digital devem conter os mesmos serviços em canais dedicados a dados, vídeo e áudio que permitam seu desligamento ou acionamento. Segundo a Ancine, em 2015 e 2016, será regulamentada a exibição em salas de cinema, que terão de se adequar para tornar possível o acesso à legenda descritva, audiodescrição e Libras. Conforme a agência, a acessibilidade já é adotada como critério nas chamadas públicas do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), destinado ao desenvolvimento articulado da cadeia produtiva da atividade audiovisual no Brasil. O Programa Cinema Perto de Você desonera de tributos a importação de equipamentos relacionados à promoção de legendagem e audiodescrição. Além disso, o Prêmio Adicional de Renda (PAR-Exibição), que contempla complexos com até duas salas pela volume e diversidade de filmes brasileiros exibidos, condicionou o prêmio oferecido aos vencedores deste ano à aplicação em projetos de digitalização ou de adaptação das salas ao acesso de pessoas com deficiência. De acordo com o censo do Instituto Brasileiros de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil há 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual. Destas, 500 mil são cegas. Os que têm grande dificuldade de audição somam 1,8 milhões, enquanto aqueles com alguma dificuldade alcançam 7,6 milhões. Os surdos são 344 mil.   Fonte: Agência Brasil
26 out por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Festival Internacional de Cinema Infantil começa dia 31 em Natal

CINEINFANTIL1_DIVULGACAO Pela terceira vez consecutiva Natal recebe o Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI), que este ano está na 12ª edição. De 31 de outubro a 09 de novembro as salas de cinema da Rede Cinemark, no Shopping Midway Mall, terá, em suas telas, uma série de exibição de filmes infantis e com entrada a R$ 7 para todos. O FICI, além de apresentar curtas, médias e longas-metragens, nacionais, internacionais e mostras especiais, também promove oficinas e debates. As sessões serão exibidas somente as sextas, sábados e domingos de 10h30 às 18h30. Em 2014, o festival reunirá mais de 100 filmes de 24 países em um só evento. Na programação, filmes que foram sucesso no cinema como ‘Os Croods’, ‘Frozen’, ‘Tinker Bell – Fadas e Piratas’ e ‘Uma Aventura Lego’, e a sessão “Dublagem ao Vivo” de nove filmes que terão dublagem feita em tempo real por profissionais direto da sala de exibição. Entre as surpresas da 12ª edição, antes do filme, uma brincadeira para o público adivinhar quais personagens famosos eles dublam. Além de Natal, o festival também acontece no Rio de Janeiro – Capital, Niterói, Salvador, Aracaju e São Paulo e tem patrocínio do Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura, Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, RioFilme, Oi, Petrobras, BNDES e Outback. Confira programação completa no site: http://www.festivaldecinemainfantil.com.br/site/wp-content/uploads//Varios/Natal_Programacao.pdf   Fonte: G7 Comunicação
23 out por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Curta “Incontinências” será exibido sexta-feira no Mercado de Petrópolis

INCONTINENCIAS2 Quem viu, poderá rever, e quem não viu, terá mais uma chance de conferir o curta-metragem “Incontinências”, nessa sexta-feira (24), às 20 horas, no Mercado de Petrópolis (Espaço Cultural Abraham Palatnik). A segunda exibição pública do curta tem o apoio da Prefeitura do Natal, por meio das Secretarias de Comunicação Social (Secom), Serviços Urbanos (Semsur), Cultura (Secult) e da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), além do Cineclube Natal, ZooN Fotografia e da Associação dos Permissionários do Mercado de Petrópolis (Asperm). A entrada é gratuita. O enredo de “Incontinências” trata de uma mulher sem identidade que perambula por espaços públicos de Natal em busca de si mesma. Em cada cenário, assume um personagem (puta, louca, suicida, alternativa, viúva). Nesse vaguear, recita poemas e emite pensamentos. A transgressão às normas vigentes é seu estandarte. “Incontinências” é o fluir de ideias, a não aceitação de ditames, numa época em que o politicamente correto torna a sociedade mundial cordeirinha do Estado. É o não bater continência para o estabelecido, para o confortável, para o óbvio ululante. Nos 11 tratamentos recebidos, cenas foram acrescentadas e o curta foi finalizado em 15 minutos. Dumaresq encontrou no diretor de fotografia, Alex Régis, na atriz Camilla Natasha, e no diretor de produção, Davis Josino, os parceiros que precisava para dar vazão ao seu espírito realizador. Ele desenvolve roteiros desde o início da década de 1990, época em que iniciou também a escrita de textos dramatúrgicos. Na impossibilidade de realizar filmes na subdesenvolvida Natal de 20 anos atrás, o jeito foi salvá-los na memória do computador. Com a ascensão do audiovisual na cidade, chegou o momento de produzir obras fílmicas. INCONTINENCIAS1 O filme (re)visita cenários/locações da capital norte-rio-grandense, como a passarela de Potilândia, o Memorial Câmara Cascudo, o Parque das Dunas, o Beco da Quarentena, a praça André de Albuquerque, o cemitério do Alecrim, além das praias de Miami, do Meio e de Tabatinga. Mais papa-jerimum impossível.   SERVIÇO: O quê? Exibição do curta-metragem “Incontinências”. Onde? Mercado de Petrópolis (Espaço Cultural Abraham Palatnik). Quando? 24 de outubro, às 20 horas. Quanto? Grátis.   Fonte: Nelson Marques / Cineclube Natal, Natal, RN  
23 fev por Henrique Goes Tags:, , ,

PETROBRAS CULTURAL VAI PATROCINAR 12 FESTIVAIS DE MÚSICA E 20 DE CINEMA; RN SERÁ CONTEMPLADO

Uma boa notícia para idealizadores, produtores e consumidores de cultura.O Programa Petrobras Cultural vai patrocinar 20 festivais de cinema e 12 de música, cuja previsão é ocorrerem entre abril deste ano e março de 2014. O Rio Grande do Norte foi contemplado com o financiamento da Semana de Música da UFRN, festival de música instrumental erudita e popular promovido pela Escola de Música da UFRN desde 1988. O evento tem duração de sete dias e além de espetáculos musicais realiza master classes e palestras. A expectativa de público é de 10.800 pessoas. [caption id="attachment_3961" align="aligncenter" width="480"]exercicios-piano Imagem de internet[/caption] A relação dos projetos contemplados na edição 2012 do programa foi divulgada hoje (22) e já está disponível no site da empresa. Na área de festivais de cinema foram inscritos 109 projetos foram submetidos à apreciação e 20 foram selecionados, dentre os quais estão festivais de tradição no calendário de eventos cinematográficos do país, como os de Brasília, Gramado (RS), o Cine PE, de Pernambuco, a Mostra de Cinema de Tiradentes (MG) e o É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários, do Rio de Janeiro. Ao todo, foram contemplados eventos de 14 estados. Na seara musical, 195 inscrições foram realizadas e 12 projetos foram selecionados. Pernambuco e Bahia tiveram dois projetos entre os escolhidos. Amapá, Pará, Rio Grande do Norte, Distrito Federal, Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná receberão o patrocínio para um evento, cada. Segundo a Petrobras, as comissões de análise técnica da seleção pública são formadas por profissionais que atuam diretamente nos setores da cultura contemplados pelo programa. “A composição das comissões, renovada a cada ano, busca atender à maior diversidade possível de perfis para o julgamento dos projetos, que são selecionados por seu mérito qualitativo”, diz a nota da empresa sobre o resultado da seleção. A edição 2012 do Programa Petrobras Cultural destinou R$ 67 milhões à seleção pública de projetos de todo o país, em 11 áreas, dentro das linhas preservação e memória, produção e difusão. A verba foi a maior de todas as edições do programa, que desde sua criação, em 2003, já investiu R$ 313 milhões em 1.319 projetos culturais. A divulgação dos resultados das demais áreas do Petrobras Cultural está prevista para o mês de abril. Com informações da Agência Brasil
15 fev por Henrique Goes Tags:, ,

CINEMA:E ‘AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL’?

Se você sonhava com o dia de acordar invisível para não ter de enfrentar a gozação dos colegas, a chatice de alguns professores,e, principalmente, encontrou na escola amigos que o acompanham vida afora, vai se identificar com o filme " As vantagens de ser invisível", de Stephen Chbosky. [caption id="attachment_3451" align="aligncenter" width="480"]As-Vantagens-de-ser-Invisív Divulgação[/caption] A obra de 103 minutos remonta o período do ensino médio com todos aqueles personagens que conhecemos em nossa época de escola: o popular, o estranho, o gay, o esquisito, a menina mais "dada", o carinha que finge ser machão mas fica com outros caras. A trama é tão envolvente, as atuações tão cruas, que esquecemos em alguns momentos se tratar ali de uma ficção. Talvez seja esse o grande trunfo do filme, a fácil identificação com o ambiente e situações. Poderíamos, sem grandes esforços, substituir os nomes das personas do filme por antigos conhecidos nossos. O enredo é centrado na vida (dentro e fora dos quatro muros do colégio) do trio Charlie (Logan Lerman), Sam (Emma Watson) e Patrick (Ezra Miller), que entre descobertas, traumas e reafirmações de personalidade lançam a amizade como um dos mais importantes fundamentos das relações humanas. Roteiro e trilha impecáveis. Curioso? Vale assistir. Ah, e a obra também está disponível em livro. [youtube]http://youtu.be/5yynWK4TX3o[/youtube] SINOPSE: Em "As Vantagens de Ser Invisível", Charlie (Logan Lerman) é um estranho simpático e ingênuo, que enfrenta o delicado momento de lidar com o primeiro amor (Emma Watson), o suicídio de seu melhor amigo, e sua própria doença mental enquanto juntos lutam para encontrar um grupo de pessoas com qual ele pertença. O calouro introvertido é tomado sob as asas de Sam e Patrick, que recebe-o ao mundo real. (com CinePop)
14 fev por Henrique Goes Tags:, , ,

CINECLUBE NATAL VOLTA ÀS ATIVIDADES NESTA SEXTA COM “GIORDANO BRUNO”

Os amantes da sétima arte e apreciadores de uma boa discussão  já têm programa certo para esta sexta (15): a exibição de "Giordano Bruno", promovida pelo Cineclube Natal. O encontro vai acontecer às 19h, no Solar Bela Vista, localizado na rua Câmara Cascudo, 417, Cidade Alta. Além de fomentar o pensamento por uma perspectiva audiovisual, o Cineclube ainda presenteia o público com a entrada gratuita. [caption id="attachment_3368" align="aligncenter" width="480"]{F4BA1867-7000-4E1F-8D25-10284BDB13AA}_giordano1-570 Inquisição é retratada em Giordano Bruno
Reprodução[/caption] A sessão vai contar com a presença do Prof. Ciclâmio Leite Barreto, do departamento de Física Teórica e Experimental da UFRN, que vai compartilhar seus conhecimentos nesta área do saber. Os filmes escolhidos para o projeto giram todos em torno da temática “A Resistência Individual” (à política, à religião, à ciência, à economia, etc.). Cada sessão terá curadoria dos membros do Cineclube Natal e participação de convidado especial para estimular o debate junto ao público. [youtube]http://youtu.be/g-7oQWhxDek[/youtube] Sinopse: Giordano Bruno é um das grandes obras do cinema político italiano dos anos 70. Com direção precisa de Giuliano Montaldo (Sacco & Vanzetti), o roteiro mostra um dos episódios mais polêmicos da história: o processo e a execução do astrônomo, matemático e filósofo italiano Giordano Bruno (1548-1600), queimado na fogueira pela Inquisição por causa de suas teorias contrárias aos dogmas da Igreja Católica. Giordano Bruno tem como destaque a impressionante interpretação de Gian Maria Volonté no papel-título, a música de Ennio Morricone e a belíssima fotografia do mestre Vittorio Storaro. Um filme simplesmente indispensável. (Por InterFilmes) Outras informações pelo site do Cineclube Natal ou pela fanpage no Facebook Com informações do Cineclube Natal
9 fev por Henrique Goes Tags:, ,

CARNAVAL NO CINEMA

Uma dica pra quem pretende ir ao cinema neste carnaval: "O lado bom da vida". O filme retrata experiências de um casal (que não é casal) que que tem agravado alguns transtornos mentais, após fim de relacionamentos amorosos. Aquilo que poderia ser algo pesado, se mostra extremamente divertido por ocasião dos encontros tortos dos protagonistas (Pat/ Bradley Cooper e Tiffany/Jennifer Lawrence). A pitada de romance é muito bem dosada, e busca fugir do lugar comum. Jennifer Lawrece está perfeita na pele da "bitch"/viúva Tiffany. Bradley também faz uma interpretação visceral de um portador de transtorno bipolar de personalidade. Ah, e tem Robert De Niro no papel de pai de Bradley (sem comentários). [youtube]http://youtu.be/h2xb_rkbAU8[/youtube] É o tipo da obra que você vai acompanhar sem esperar muitas reflexões, apenas para relaxar, sorrir e se emocionar. Vale conferir! Sinopse Pat Solatano perdeu tudo: sua casa, seu trabalho, e sua esposa. Ele agora se encontra vivendo novamente com seus pais, depois de passar oito meses em uma instituição. Pat está determinado a reconstruir sua vida. Quando ele atende Tiffany, uma misteriosa garota com problemas, as coisas ficam complicadas. Tiffany se oferece para ajudar Pat a reconquistar sua esposa, mas somente, se ele fizer algo muito importante para ela em troca. Elenco: Bradley Cooper, Jennifer Lawrence, Robert De Niro Direção: David O Russel Gênero: Comédia Romântica Duração: 122 min. Distribuidora: Paris Filmes Classificação: 12 Anos   Com informações da Paris Filmes
20 jan por Henrique Goes Tags:, , ,

CINEMA NACIONAL

O brasileiro parece estar aos poucos abandonando o preconceito contra os filmes nacionais. Prova disso é a estatística da Agência Nacional de Cinema (Ancine) que aponta um público de 15,6 milhões de espectadores no ano de 2012. [caption id="attachment_1628" align="aligncenter" width="480"]ate-que-a-sorte-nos-separe A comédia "Até que a Sorte nos Separe" foi o filme nacional mais visto em 2012
Foto: Divulgação[/caption] A produção local contou com  83 filmes, dos quais cinco deles tiveram mais de 1 milhão de ingressos vendidos. O de maior público foi "Até que a sorte nos seprare", que levou 3,3 milhões de pessoas às salas de cinema. Outro destaque foi "De pernas pro ar - 2", que mesmo tendo sua estréia na última semana do ano, conquistou mais de um milhão de espectadores nos primeiros dias de exibição. A arrecadação dos filmes nacionais chegou a R$ 1,6 bilhões. A Agência registrou um aumento no número de salas de exibição em 2012 em relação ao ano anterior,quando se teve um salto de 48 para 63 locais de veiculação
× Fale no ZAP