10 mar por João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Justiça Federal determina condução coercitiva de presidente da CBF

[caption id="attachment_44390" align="aligncenter" width="860"]ROMARIO1_EDILSONRODRIGUES-AGENCIASENADO Justiça atendeu requerimento do presidente da comissão parlamentar de inquérito, senador Romário Faria[/caption] O presidente da Confederação Brasileira do Futebol (CBF), Coronel Nunes, terá que depor obrigatoriamente na CPI do Futebol no próximo dia 16. A Justiça Federal do Pará determinou a condução coercitiva de Coronel Nunes, atendendo a um requerimento do presidente da comissão parlamentar de inquérito, senador Romário (PSB-RJ). Coronel Nunes não compareceu à reunião do dia 2 de março, alegando compromissos com a Seleção Brasileira. Romário, então, apresentou o requerimento. A justiça do Pará determinou ainda que a Policia Federal será a responsável por conduzir o dirigente à CPI do Futebol, que investiga denúncias de irregularidades relacionadas ao esporte. Em comunicado, a CBF informou que Coronel Nunes comparecerá voluntariamente à reunião. Já Romário afirma que esgotou todos os convites para que o presidente da CBF se apresentasse espontaneamente à CPI. Segundo o senador, a condução coercitiva era uma decisão necessária. "Nós convidamos duas vezes, nós convocamos outras vezes e ele se acha acima de qualquer situação, especialmente acima da lei. Eu sempre falei e vou repetir: essa é uma CPI séria e é para ser encarada como tal. Se ele entende que só viria assim, se ele entendia que a CPI não teria coragem e ele não viria, agora tem que vir desta forma", declarou Romário. Além da audiência com Coronel Nunes no dia 16, a CPI analisará diversos requerimentos. Entre eles o de convocação do ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Serão ainda convidados a comparecer na CPI o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, e Carolina Galan, ex-namorada de Marco Polo Del Nero, que também dirigiu a CBF.   Fonte: Agência Senado Com informações da Rádio Senado (Repórter Cinthia Bispo) Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
3 set por João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Romário vai refazer requerimentos para investigar contratos da CBF

ROMARIO1_EDILSONRODRIGUES-AGENCIASENADO Em entrevista coletiva concedida após a reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Futebol, o senador Romário (PSB-RJ), presidente da comissão, anunciou que deverá refazer os pedidos de acesso aos contratos feitos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) relacionados à negociação dos jogos da Seleção. Esses requerimentos também tratam de contratos de outra natureza, com patrocinadores, e deverão especificar cada empresa e o período de vigência. O objetivo é se contrapor a uma liminar obtida pela CBF no Supremo Tribunal Federal (STF), que a desobriga de enviar os documentos à CPI. "É mais um sinal de que eles têm o que esconder", disse o senador. A CPI ouviu nesta quinta-feira (3) o jornalista escocês Andrew Jennings, da BBC. Ele é o autor dos livros que serviram de base para que o FBI (a Polícia Federal dos EUA) realizasse investigações sobre crimes relacionados ao futebol. As investigações levaram à prisão de diversos dirigentes do esporte a nível mundial, entre eles, o ex-presidente da CBF, Jose Maria Marin. Jennings colabora com o FBI desde 2009. Ele afirmou que esses contratos podem ser a chave para desnudar um grande esquema de corrupção. Para o jornalista, a Polícia Federal e o Ministério Público deveriam investigar mais o futebol brasileiro, o que, no seu entendimento, traria benefícios para a sociedade. Na entrevista coletiva, disse também "não entender" por que essas instituições não colaboram com o FBI e a polícia suíça. "Vocês têm tudo pra fazer isso, dar um banho de investigação. Têm um corpo técnico de excelência, especialistas em transações financeiras e lavagem de dinheiro. São até melhores que o FBI".  E ainda brincou, referindo-se à derrota do Brasil para a Alemanha na Copa do Mundo de 2014: "Se vocês fizerem isso, nunca mais perdem de 7 a 1". (Fonte: Agência Senado / Foto: Edilson Rodrigues - Agência Senado) =.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=..=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.= CORTE DE PONTO A Lei de Greve (Lei 7.789/89) se aplica a servidores públicos, mas desde que os serviços continuem funcionando de maneira razoável e a população não seja prejudicada. Com esse entendimento, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, permitiu o corte de ponto dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias relativos em greve na Bahia. CORTE DE PONTO 2 Lewandowski suspendeu decisão do Tribunal de Justiça da Bahia que determinava ao município de Salvador que se abstivesse de efetuar qualquer desconto nos vencimentos dos agentes relativos à greve da categoria, e restituísse imediatamente eventuais descontos já efetuados. COMPETÊNCIA A jornalista Wilma Wanderley Fernandes, executiva da TV União Natal/Assu Telecom, será uma das palestrantes do Evento Regional Neotv – Expo e Congresso, que acontece hoje e amanhã, 4, no Grand Mercure Recife Atlante Plaza, na capital pernambucana. Wilma falará sobre a importância dos canais locais e regionais, que fidelizam assinantes, sendo um diferencial para as TVs à cabo. RESTITUIÇÃO A Receita Federal informa que a partir das 9h da próxima terça-feira (8) estará disponível a consulta ao quarto lote de restituição do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) de 2015. Neste lote, 2.119.640 contribuintes serão contemplados, totalizando mais de R$ 2,4 bilhões. TRAFICANTES Um brasileiro morreu e um paraguaio foi preso durante uma operação antidrogas realizada nesta terça-feira (2) na região de Santa Cruz, no leste da Bolívia, informou o Ministério de Governo em comunicado. Agentes da Força Especial de Luta contra o Narcotráfico (FELCN, na sigla em espanhol) surpreenderam os dois traficantes que estavam a bordo de um pequeno avião com mais de 300 kg de entorpecentes perto da cidade de Montero, conforme a nota. TRAFICANTES 2 Os homens reagiram à chegada da polícia, iniciando um tiroteio. O avião em que eles estavam acabou pegando fogo, em circunstâncias não explicadas pelas autoridades bolivianas. O brasileiro morreu, segundo a agência EFE,  no caminho entre Montero e o aeroporto de Trompillo, na cidade de Santa Cruz, por causas que também não foram informadas pelo Ministério de Governo. "De acordo com o primeiro relatório das forças antidrogas, o preso paraguaio foi capturado em posse de arma de fogo e admitiu o transporte de drogas no avião", diz o comunicado. CONSTATAÇÃO A maior herança que um pai - ou mãe - deve deixar para o filho é a honestidade. Deve ser muito ruim compartilhar com a cria o "título" de ladrão. ESPIÃO Telefone, e-mail, rede social da internet, tudo isso deve ser usado com muita precaução e responsabilidade. Quem se utiliza desse tipo de ferramenta para falar de tudo e de todos termina ficando com "cara de tacho" quando é descoberto(a) com a "boca na botija". E daí até provar que não foi bem aquilo que queria dizer... VAGABUNDAGEM Com o feriado nacional da próxima segunda-feira, por causa do Dia da Independência, seria muito bom que órgãos fiscalizadores do serviço público verificassem como estará o funcionamento, principalmente no período da tarde, de setores das administrações municipais, estaduais e federal. Vai ter muita gente indo embora mais cedo para aproveitar o "feriadão". NÃO ESQUEÇA Como ensina o padre Fábio de Melo, cuidemos bem das nossas despedidas. Nunca saberemos quando será a última. ALÍQUOTA Por 277 votos a favor e 77 contra, deputados aprovaram hoje (3) a Medida Provisória 675/15, que eleva a alíquota da Contribuição sobre o Lucro Líquido (CSLL) de instituições financeiras de 15% para 20%. A nova alíquota será aplicada a bancos, seguradoras e administradoras de cartões de crédito, enquanto as cooperativas de crédito terão aumento de 17%. A votação foi marcada por divergências entre a oposição e a base aliada. ALÍQUOTA 2 A MP é parte do pacote de ajuste fiscal defendido pelo governo. Pelas contas do governo, o aumento sobre o setor vai gerar R$ 900 milhões em arrecadação já neste ano. Em 2016, o volume chegaria a mais de R$ 3 bilhões, e, em 2017, atingiria R$ 4 bilhões. Entre em contato comigo: E-mail: [email protected] WhatsApp: (84) 9 9401-5905 Twitter: @joaoricardo_rn  
13 jun por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Justiça dos Estados Unidos investiga contrato da Nike com a CBF

NIKE1 O Departamento de Justiça dos Estados Unidos investiga um acordo de patrocínio de US$ 160 milhões entre a empresa de material esportivo Nike e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A informação foi publicada hoje (13) pelo jornal americano Wall Street Journal. A investigação faz parte do processo que apura indícios de corrução na Fifa, entidade que gerencia o futebol mundial. De acordo com a reportagem, após a assinatura do contrato, em 1996, a empresa pagou US$ 40 milhões em despesas de marketing que não estavam previstas no acordo inicial. O valor foi depositado em uma conta bancária na Suíça, em nome de uma empresa brasileira de marketing esportivo. No dia 27 de maio, o Departamento de Justiça indiciou nove executivos da Fifa e cinco parceiros da entidade, sob a acusação de associação criminosa e corrupção. O caso envolve suspeitas de pagamento de propina no valor US$ 151 milhões. A partir da acusação, o Ministério da Justiça americano e a polícia da Suíça prenderam sete membros da Fifa.   Fonte: Agência Lusa / Agência Brasil
29 maio por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Gol de Romário: confirmada criação da CPI da CBF

[caption id="attachment_34800" align="aligncenter" width="760"]ROMARIO1_WALDEMIRBARRETO_AGENCIASENADO Maioria dos senadores apoiou a ideia de Romário, ex-jogador de futebol que há anos denuncia corrupção na CBF (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)[/caption] Nenhum senador retirou até a meia-noite de quinta-feira (28), conforme a Secretaria-Geral da Mesa do Senado, a assinatura do requerimento de criação da CPI proposta para investigar a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o comitê organizador local da Copa do Mundo FIFA 2014. O requerimento, com 53 assinaturas, foi protocolado pelo senador Romário (PSB-RJ) e, encerrado o prazo de retirada de assinaturas, a comissão está pronta para ser instalada. Os líderes partidários têm agora cinco dias para indicar os senadores que integrarão o colegiado, o que leva em conta o cálculo de proporcionalidade das bancadas e partidos no Senado. A comissão contará com sete membros titulares e igual número de suplentes e terá 180 dias para investigar possíveis irregularidades em contratos feitos para a realização de partidas da Seleção brasileira de futebol, de campeonatos organizados pela CBF, assim como para a realização da Copa das Confederações em 2013 e da Copa do Mundo de futebol de 2014. A instalação dependerá da indicação dos integrantes pelos partidos, o que leva em conta o cálculo de proporcionalidade das bancadas na composição do Senado. O limite de despesas da comissão será de R$ 100 mil. A CPI da CBF será a sexta em funcionamento no Senado. As outras cinco CPIs são as seguintes: do assassinato de jovens; do CARF; das próteses; dos fundos de pensão; e do HSBC.   Fonte: Agência Senado
× Fale no ZAP