17 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Governo cria programa de financiamento habitacional para militares

[caption id="attachment_51730" align="aligncenter" width="619"]militares_casa_marcelocamargoagbrasil Ministro da Defesa, Raul Jungmann, durante cerimônia de assinatura de acordo de cooperação para criar programa habitacional exclusivo para militares das Forças Armadas (Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil)[/caption] Um acordo de cooperação técnica assinado hoje (17) pelos Ministérios da Defesa e das Cidades com a Caixa Econômica Federal, permitirá que integrantes das Forças Armadas tenham acesso a uma política específica de financiamento habitacional. Inicialmente, 75 mil militares devem ser atendidos pelo programa. O acordo deve passar, nas próximas semanas, pela avaliação de técnicos, que vão definir os detalhes de como o programa deve funcionar. O ministro das Cidades, Bruno Araújo, afirmou que, se necessário, podem ocorrer mudanças no Programa Minha Casa, Minha Vida para atender a demanda dos militares. Ele não soube dizer se haverá alocação diferenciada de recursos, nem quantas unidades habitacionais serão disponibilizadas.
3 mar por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Projeto prevê que cidadãos carentes tenham acesso à legalização dos imóveis

LUIZALMIR7_JOAORICARDOCORREIA O vereador Luiz Almir (FOTO) e seu colega Paulinho Freire estão elaborando um projeto de lei, que será apresentado no Plenário da Câmara Municipal de Natal, sugerindo a criação de uma coordenação na Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), para auxiliar na legalização de construções e reformas de imóveis de pessoas de baixo poder aquisitivo. Luiz Almir justifica a ideia dizendo que muitas pessoas são penalizadas porque querem fazer um quarto, ampliar uma sala, melhorar a condição do imóvel ou, até mesmo, construir uma pequena casa e não apresentam os projetos exigidos pela Prefeitura de Natal. "Do mesmo jeito que existe a Defensoria Pública para oferecer advogados para quem é pobre, nossa intenção é criar essa coordenadoria, que seria composta por técnicos que já trabalham na Prefeitura, e que atenderia as pessoas pobres que querem melhorar a qualidade de vida das suas famílias. Acho muito injusto o sujeito ser multado porque não apresentou um projeto arquitetônico, hidráulico, elétrico, porque não tem como pagar para fazer e, às vezes, não tem nem conhecimento de que precisa. Comprovada a falta de condição para pagar, não tenho dúvida que a Prefeitura pode mandar fazer esses projetos, orientar a construção e, dessa forma, ajudar os cidadãos e também à cidade, quando teremos mais imóveis legalizados", disse Luiz Almir. Segundo ele, sua assessoria e a de Paulinho Freire já estão trabalhando na elaboração do projeto.   Fonte: Assessoria de Imprensa de Luiz Almir
24 fev por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Nova fase do Minha Casa Minha Vida terá 3 milhões de moradias

CASAS A nova presidenta da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, tomou posse nessa segunda-feira (23), em Brasília. Em seu discurso, ela afirmou que o banco vai construir três milhões de novas moradias na nova fase do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). Segundo Miriam, a Caixa deverá se desdobrar ainda mais na sua tarefa de parceira estratégica do governo brasileiro. “Será necessário trabalhar arduamente para alcançarmos a meta de contratação de mais três milhões de novas moradias no MCMV, estabelecida pela presidenta Dilma Rousseff. Essas contratações se somarão a dois milhões de moradias já entregues e a 1,750 milhão que ainda estão em construção”. Ao assinar o termo de posse, Belchior se comprometeu a manter a posição alcançada pelo banco ao final de 2014. Atualmente, a Caixa Econômica Federal lidera o segmento de financiamento imobiliário e, após expandir sua área de atuação, viu a sua participação triplicar para 20% no mercado de crédito brasileiro e se consolidou como um dos três maiores bancos do país em ativos. "Minha missão na CAIXA é ter uma agenda de sustentação no patamar que a Caixa chegou até este momento e melhorar ainda mais o seu desempenho, em especial o serviço prestado aos seus milhões de correntistas", afirmou a presidenta, na cerimônia realizada no Teatro da CAIXA Cultural em Brasília (DF). Miriam Belchior disse ainda que sua pauta na instituição terá como objetivo cumprir sua missão institucional, de ser um banco agente do desenvolvimento econômico e social. "Assumo o compromisso de manter uma instituição que garante a milhares de brasileiros o direito a ter direitos. Para isso, a Caixa seguirá reafirmando a cada dia a compatibilidade entre sua atuação social e de mercado", disse Belchior.     Fonte: Portal Brasil
× Fale no ZAP