1 jan por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Prêmio de R$ 302,5 milhões da Mega da Virada sai para 52 apostas

A Mega da Virada, concurso especial 2.110 da Mega-Sena, sorteou R$ 302,5 milhões na noite dessa segunda-feira (31). Os números sorteados foram: 05- 10 – 12 – 18 – 25 - 33. O prêmio saiu para 52 apostas. Cada ganhador vai receber R$ 5.818.007,36. Segundo a Caixa, o valor do prêmio superou todas as estimativas. Desde o dia 5 de novembro, quando as apostas começaram a ser feitas, a Mega da Virada vendeu 70,5 milhões de bilhetes em todo o país, num total de 253 milhões de apostas. A arrecadação total registrou R$ 886,04 milhões. A quina saiu para 7.688 ganhadores. Cada um vai receber R$ 6.644,73. A quadra vai pagar R$ 240,17 a cada uma das 303.857 apostas vencedoras. Prêmios com valor superior a R$ 1.903,98 são pagos exclusivamente nas agências da Caixa. A instituição orienta que, sendo o bilhete ao portador, é importante que o ganhador, antes mesmo de sair de casa, se identifique no verso da aposta. De acordo com a Caixa, as informações necessárias são nome completo, o CPF, assinatura e endereço. “Dessa forma, o apostador garante que ninguém, além dele mesmo, retire o prêmio. Em caso de bolão, cada participante pode fazer o mesmo no verso de seu recibo individual de cota”. Por Agência Brasil / Brasília
5 dez por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 12 milhões

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.103 da Mega-Sena e o prêmio principal acumulou. O sorteio foi realizado nessa terça-feira (4), no Caminhão da Sorte estacionado na cidade de Santo Anastácia, no interior do estado de São Paulo. Foram sorteadas as seguintes: dezenas: 03 - 13 - 40 - 44 - 46 – 50. O prêmio estimado pela Caixa para o próximo concurso, que será realizado nesta quinta-feira (6), é R$ 12 milhões. Por Agência Brasil / Brasília
29 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Bolsonaro: Caixa e BB não estão no radar das privatizações

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse hoje (29) que a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil não estão no radar das privatizações do próximo governo. “Qualquer privatização tem que ser responsável. Não é jogar pra cima e ficar livre. Algumas privatizações ocorrerão. Outras estratégicas, não. Banco do Brasil e Caixa não estão no nosso radar”, afirmou. O Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais é realizado em dois anos. Passam por oficiais do exército que se formaram na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende (RJ), e tenham atingido o posto de capitão. Oficiais médicos também realizam uma pequena fase presencial na EsAO. O próprio Jair Bolsonaro já realizou esse curso quando estava na ativa do Exército e disse que as recordações o emocionam. O presidente eleito informou ainda que pretende propor uma outra Reforma da Previdência no próximo ano e avaliou que a proposta apresentada pelo governo atual é muita agressiva com o trabalhador. Ele também comentou a Operação Boca de Lobo, que foi deflagrada hoje como mais um dos desdobramentos da Operação Lava Jato, levando à prisão do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. Bolsonaro parabenizou a Lava Jato e disse que o respaldo que ele dá ao combate à corrupção está simbolizado na nomeação do juiz Sérgio Moro para o Ministério da Justiça. “O compromisso que eu tive com ele é carta branca para o combate à corrupção”. As declarações ocorreram após solenidade de diplomação do Curso de Aperfeiçoamento de oficiais, na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO). O evento na Vila Militar, no Rio de Janeiro, reuniu militares e familiares. Foram diplomados 420 capitães da linha bélica, 15 oficiais das chamadas Nações Amigas, seis oficiais fuzileiros navais e 29 oficiais médicos. Por Leo Rodrigues - Repórter da Agência Brasil / Rio de Janeiro
23 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 70 milhões neste sábado

A Mega-Sena sorteia neste sábado (24) o prêmio de R$ 70 milhões do concurso 2.100. As seis dezenas serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte, estacionado em Campos Belos, interior do estado de Goiás. De acordo com a Caixa, o valor do prêmio principal, caso aplicado na poupança, renderia mais de R$ 260 mil por mês. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50. Por Agência Brasil / Brasília
22 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bolsonaro define comandos da Caixa, do Banco do Brasil e do Ipea

A equipe econômica do governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, definiu os nomes para presidir o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), segundo uma fonte da equipe de transição. O anúncio oficial deve ser feito ainda nesta quinta-feira (22), após o fechamento do mercado financeiro. Para o Banco do Brasil, foi escolhido o professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Rubem de Freitas Novaes, que é doutor em economia pela Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, a mesma instituição em que Paulo Guedes concluiu seu doutorado. Novaes também já foi diretor do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A Caixa Econômica Federal será presidida pelo economista Pedro Guimarães. Ele é sócio do banco de investimentos Brasil Plural e tem longa atuação no setor financeiro. Já o Ipea será comandado por Carlos Von Doellinger, economista da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que integra a equipe de transição de governo. Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil / Brasília
19 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Estudantes têm até sexta-feira para renovar contrato do Fies

Estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm até sexta-feira (23) para renovar os contratos. Aqueles que contrataram o Fies até 31 de dezembro de 2017 devem fazer o aditamento. Neste semestre, cerca de 890 mil contratos devem ser renovados, de acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A renovação do contrato é feita pelo sistema SisFies. Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre. O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino para, depois, as informações serem validadas pelos estudantes no sistema. Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro, que é o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal, para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.
14 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Caixa registra lucro de R$ 4,8 bilhões no terceiro trimestre

A Caixa Econômica Federal registrou lucro de R$ 4,8 bilhões no terceiro trimestre do ano, o maior já alcançado pela instituição, uma alta de 122% em relação ao mesmo período do ano passado. Em nove meses, o lucro foi de R$ 11,5 bilhões, alta de 83,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Por Marli Moreira - Repórter da Agência Brasil / São Paulo
25 out por João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Quadrilha que fraudava boletos bancários é alvo de operação da PF

Uma quadrilha que fraudava boletos para enganar clientes de bancos é alvo de uma operação da Polícia Federal (PF) nesta quinta-feira (25). A PF estima que o grupo tenha desviado R$ 2 milhões. De acordo com a PF, a investigação teve início a partir da identificação, pela Caixa, de esquema criminoso que alterava dados de boletos emitidos pela instituição financeira. “As alterações de dados teriam como intuito o redirecionamento à organização criminosa da quantia objeto de pagamento pelo devedor, em prejuízo ao real credor do boleto, à Caixa Econômica Federal e ao próprio autor do pagamento”. Mais de 30 policiais cumprem desde o começo da manhã de hoje mandados de busca e apreensão em endereços nas cidades de Pontes e Lacerda e Cuiabá, em Mato Grosso; e Goiânia, em Goiás. Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal de Cáceres, em Mato Grosso. Por Aécio Amado – Repórter da Agência Brasil / Brasília
24 set por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Caixa começa a cobrar juros menores para financiamento imobiliário

Começam a valer hoje (24) as novas taxas de juros de financiamento imobiliário da Caixa Econômica Federal. No último dia 14, o banco informou que reduziu em 0,75 ponto percentual as taxas de juros do crédito para compra de imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). A redução vale para imóvel de até R$ 1,5 milhão. As taxas mínimas do SFI passam de 9,5% ao ano para 8,75% ao ano. E a taxa máxima cai de 11% para 10,25% ao ano. A Caixa também informou também que, a partir de novembro, oferecerá um novo serviço de avaliações de imóveis, disponibilizando laudo diretamente para pessoas físicas e jurídicas.
31 ago por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Trabalhadores podem usar FGTS para a compra de próteses e órteses

Trabalhadores com deficiência de natureza física ou sensorial já podem usar o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para a compra de próteses e órteses. Essa possibilidade já estava prevista desde 2015, quando foi publicada a Lei de Inclusão da Pessoa com Deficiência - o Estatuto da Pessoa com Deficiência. Faltava, no entanto, a regulamentação dessa lei, o que foi feito em abril deste ano por meio de decreto. O anúncio foi por representantes da Caixa e do Ministério do Trabalho durante coletiva de imprensa. De acordo com o decreto que regulamentou o Estatuto da Pessoa com Deficiência, para ter acesso ao recurso e usá-lo para a compra de próteses e órteses, será considerado trabalhador com deficiência aquele que tem impedimento de natureza física ou sensorial que produza efeitos pelo prazo mínimo de dois anos e possa impedir sua participação plena e efetiva na sociedade em condições de igualdade com as demais pessoas.
13 ago por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

PIS/Pasep: resgate começa amanhã para trabalhadores de todas as idades

A partir desta terça-feira (14), trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão sacar seus recursos. O prazo ficará aberto até 28 de setembro. Desde o dia 8 de agosto, o crédito para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil está sendo feito automaticamente. A partir de amanhã, todas as pessoas poderão sacar os recursos corrigidos. A partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na Lei 13.677/2018. Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.
26 out por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Justiça Federal bota Henrique Alves e Eduardo Cunha no “balaio dos réus”

cunha_e_henrique Com informações do G1, em Brasília O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da primeira instância da Justiça Federal em Brasília, recebeu hoje (26) denúncia apresentada contra o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ex-ministro Henrique Eduardo Alves, o doleiro Lúcio Funaro, o ex-sócio de Funaro Alexandre Margotto, o ex-vice-presidente da Caixa, Fábio Cleto. Com a decisão, os cinco se tornam réus e responderão a ação penal na 10ª Vara do Distrito Federal. Eduardo Cunha está preso em Curitiba, acusado por investigadores da Operação Lava Jato de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro. As acusações que o juiz Vallisney Oliveira recebeu envolvem cobrança e recebimento de propina por parte de empresas interessadas em obter empréstimos do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS) e se baseiam na delação premiada – no âmbito da Operação Lava Jato – de Fábio Cleto, indicado para a diretoria da Caixa por influência de Cunha.
23 mar por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bancários fazem manifestação contra fechamento de setores da Caixa

CAIXA1 Os bancários da Caixa Econômica Federal realizam na manhã desta quinta-feira, 24, a partir das 9h, um Ato Público em frente à agência da rua João Pessoa (Centro de Natal). A manifestação visa denunciar a reestruturação que está sendo promovida pelo Banco e que fechará vários setores pelo Brasil, fazendo com que trabalhadores percam suas funções e não tenham garantias de que poderão continuar trabalhando em suas cidades. A Caixa Econômica Federal que já contou com 101 mil empregados hoje tem em torno de 96 mil trabalhadores. Isso significa a redução de 5 mil empregos. Para isso o Governo lançou um plano de demissão que esvaziou o banco e aumentou a sobrecarga de trabalho, o assédio moral e a exploração sobre os bancários que permanecem na ativa, bem como o sucateamento e a queda na qualidade do serviço prestado à população. O resultado é o aumento das filas, a terceirização, além do adoecimento e queda na qualidade de vida dos empregados. Em Natal, a primeira a ser fechada foi a Giris (Risco de crédito) onde 12 empregados receberam a notícia no dia 11 de março, além deles, 16 menores aprendizes também estarão fora. Outro setor que provavelmente será desativado é a Rerec (Gerência de Recuperação de Crédito). Os empregados da Caixa ainda estão atentos à possibilidade de extinção da Gigov, Gihab e Jurídico que também são unidades meio. A Caixa prevê que o fechamento ocorrerá em maio e, aos que já estão informados sobre a extinção, foi dito apenas que terão a função mantida por um prazo de 120 dias, o que já é previsto pelo normativo. Existe um comitê de realocação que é gerenciado pela Gipis Recife que, até o momento, só manteve contato via e-mail e mensagens, sem orientar de forma clara os empregados. A Caixa pretende reduzir em 2/3 suas unidades meio. Sem dar qualquer apoio aos afetados. Ainda não se conhece todos os efeitos deste plano, mas, do que já foi divulgado, devem ser 11 mil empregados que perderão salários, funções ou direitos adquiridos. Somente entre os que terão salário reduzido serão cerca de 5 mil trabalhadores! Agora, em meio a dívidas e congelamento real de salários, milhares de bancários terão retiradas suas funções técnicas e receberão o salário com 30%, 50% e até 80% de redução! Fonte: Assessoria de Imprensa do Sindicato dos Bancários do RN
22 set por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Caixa aumenta mais uma vez os juros de financiamento da casa própria

CASAS Os mutuários que assinarem contratos com a Caixa Econômica Federal a partir de outubro pagarão mais caro pelo financiamento da casa própria. Pela terceira vez no ano, o banco reajustou os juros das linhas de crédito habitacional. Os contratos já assinados não serão afetados. As novas taxas variam conforme o grau de relacionamento do cliente com a Caixa. Para correntistas do banco e servidores públicos que financiam imóveis pelo Sistema Financeiro Habitacional, a taxa subiu meio ponto percentual, de 8,8% a 9,3% ao ano para 9,3% a 9,8% por ano. Para quem não é correntista da Caixa, os juros subirão de 9,45% para 9,9% ao ano. O SFH financia imóveis de até R$ 650 mil ou R$ 750 mil, dependendo da localidade, com recursos da caderneta de poupança. Os financiamentos do Sistema Financeiro Imobiliário, destinado a imóveis acima de R$ 650 mil ou de R$ 750 mil, dependendo da localidade, também ficarão mais caros. A taxa para correntistas da Caixa e para servidores públicos passarão de 10,2% a 10,7% ao ano para 10,5% a 11,2% ao ano. Para mutuários sem conta na Caixa, a taxa aumentará de 11% para 11,5% ao ano. Para os imóveis comerciais, os juros subirão de 12% para 14% ao ano. Em comunicado, a Caixa informou que o aumento da taxa Selic – juros básicos da economia – foi o responsável pela alta. Atualmente, a Selic, que serve de base para as demais taxas de juros da economia, está em 14,25% ao ano, depois de ter sido reajustada por sete vezes seguidas desde outubro do ano passado. Segundo o banco, apenas os juros do Programa Minha Casa, Minha Vida – destinado a famílias de baixa renda – não sofreram aumento. Responsável por 70% do crédito imobiliário em todo o país, a Caixa tem tomado uma série de medidas ao longo do ano que dificultam o acesso aos financiamentos de imóveis. Em janeiro e em abril , o banco elevou os juros das linhas de crédito do SFH. Também em abril, a Caixa diminuiu o limite de financiamento. O teto caiu de 90% para 80% do valor do imóvel no Sistema de Amortização Constante (SAC) e de 80% para 50% nos imóveis usados avaliados em até R$ 750 mil. No início de agosto, o banco voltou a restringir o acesso ao crédito imobiliário, proibindo que clientes com um imóvel financiado com recursos da poupança financiem outro imóvel na mesma modalidade. Segundo o banco, a mudança atingiu 2,4% dos financiamentos disponíveis.   Fonte: Agência Brasil
× Fale no ZAP