Tag: Argentina

25 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Suspensa final da Libertadores entre Boca e River

A final da Taça Libertadores, em Buenos Aires, na Argentina, foi suspensa na tarde de hoje (25). Após o ataque a jogadores do Boca Juniors, o clube pediu à Conmebol para suspender a disputa marcada para as 18h (horário de Brasília). Em comunicado, o Boca diz que falta igualdade entre os clubes. Também solicitou punição ao River Plate, uma vez que torcedores do time atacaram o ônibus onde estavam os atletas. “Após a violência sofrida perto do estádio, tendo encontrado a magnitude e gravidade deles e as conseqüências que geraram no campo, o Boca considera que essas condições não são dadas, e solicita a suspensão do partido e a aplicação das sanções correspondentes previstas no Artigo 18, de modo que a Conmebol atue de acordo”, informa o comunicado. Segundo o Boca, que comunicou sua postura no site oficial e nas redes sociais, foi feito um acordo para que houvesse igualdade de condições na final. De acordo com o clube, sem igualdade, não há disputa. O comunicado pede a punição ao adversário, segundo o Artigo 18 da Conmebol, que trata sobre punições a clubes, podendo inclusive tirar os pontos de uma partida. Porém, de acordo com a imprensa argentina o estádio Monumental de Buenos Aires está pronto e à espera do jogo para o final da tarde. Violência Ontem (24), logo na chegada ao Monumental de Nuñez, onde estava marcada a disputa, o ônibus do Boca foi atacado com pedradas e bombas de gás por torcedores rivais do River Plate. Alguns jogadores, como Pablo Pérez ficaram feridos e foram atendidos fora do estádio. Carlos Tévez disse que os atletas não esperavam aquela reação. Em seguida, houve uma reunião entre os dirigentes do River e Boca, em que decidiram que o jogo deveria ser adiado. Segundo eles, os atletas não queriam jogar. Por Agência Brasil / Brasília Com informações de Monica Yanakiew, de Buenos Aires
17 mar por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Polícia Federal prende no RN mulher procurada pela Interpol

PF_BAHIARECONCAVOCOMBR Agentes do Núcleo de Operações da Superintendência da Polícia Federal em Natal cumpriram, na manhã desta terça-feira (17), mandado de prisão do Superior Tribunal Federal em desfavor da argentina de iniciais V. A. V., procurada pela Interpol. A prisão aconteceu na Praia de Pirangi, no município de Parnamirim. Para o presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Federal – SINPEF/RN, José Aquino, mais uma vez os agentes federais, apesar de ainda negociarem suas atribuições e buscarem o devido reconhecimento do Governo Federal, demonstram profissionalismo e zelo para com a sociedade brasileira e autoridades estrangeiras. A argentina, que não pode ter o nome revelado e nem o tipo de crime que cometeu, permanece presa na Superintendência da Polícia Federal, em Natal. Fonte: G7 Comunicação
× Fale no ZAP