Salários atrasados: servidores da Saúde farão protesto no Hospital Deoclécio Marques e irão à Assembleia Legislativa

26 fev por João Ricardo Correia

Salários atrasados: servidores da Saúde farão protesto no Hospital Deoclécio Marques e irão à Assembleia Legislativa

Os servidores estaduais da saúde do Rio Grande do Norte, em greve há 21 dias, farão mais um ato público como forma de protesto, no Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim, a partir das 9 horas desta quara-feira, 27. Será o evento desde o início da greve, que reivindica como ponto principal o pagamento dos salários atrasados.

Trabalhadores e trabalhadoras ainda não receberam as folhas de dezembro e o 13° salário de 2018. A situação fica ainda pior para os que ganham acima de 5 mil reais, pois também não receberam a folha de novembro e o 13° salário de 2017. Até o momento, de acordo com o Sindsaúde, a governadora Fátima Bezerra não recebeu a saúde para apresentar uma proposta de negociação e nem um calendário de pagamento dos atrasados. Por esse motivo, a paralisação persiste.

Como parte do calendário grevista, servidores também participarão da audiência pública sobre o atraso dos salários “Situação atual dos Serviços e dos Servidores Públicos”, na Assembleia Legislativa do RN, às 14 horas de amanhã.

Com informações do Sindsaúde
 

ByJoão Ricardo Correia

Formado em Comunicação Social pela UFRN. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor do Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

× Fale no ZAP