PMs sugerem que carros oficiais sejam vistoriados e divulgam vídeo com veículo particular estacionado em local destinado a veículos oficiais na PRF

22 jan por João Ricardo Correia

PMs sugerem que carros oficiais sejam vistoriados e divulgam vídeo com veículo particular estacionado em local destinado a veículos oficiais na PRF

Policial sugere que, na presença da governadora, do comandante geral e do secretário da Segurança, sejam averiguados veículos oficiais

A apreensão de um veículo do Corpo de Bombeiros Militar do RN, que circulava irregularmente com a documentação atrasada, pela Polícia Rodoviária Federal (CLIQUE AQUI E LEIA), gerou revolta em alguns policiais militares, que alegam ter sido o sargento Acioli, que dirigia o veículo, “humilhado” ao ser deixado “à pé”. PMs, pedindo para não serem identificados, dizem que a maioria dos carros oficiais do Estado circulam ilegalmente e divulgaram um vídeo (ABAIXO), gravado há alguns meses, mostrando um automóvel particular estacionado – com adesivo de um candidato nas eleições passadas – em local destinado a veículos oficiais, nas dependências da PRF, em Natal.

Vídeo divulgado em grupos de WhatsApp

PMs ouvidos pela reportagem deste Companhia da Notícia revelam que estaria sendo planejada um ação, onde os policiais que fossem dirigir carros da polícia exigiriam dos seus superiores declarações, por escrito, que estavam cientes da ilegalidade da situação daquele veículo. “Não podemos ficar sendo vistos como motoristas ilegais, se a ilegalidade é praticada pelo próprio Estado, que não paga as obrigações. O que não pode é voltar a ocorrer o que aconteceu com o sargento Acioli, que ficou no meio de uma BR, à noite, porque o carro que ele dirigia estava irregular, sem a culpa ser dele”, disse um PM.

Outro policial militar sugere que durante a Operação Verão, quando é intensificada a quantidade de blitzen, os carros irregulares da PM e dos outros órgãos do Estado sejam levados para averiguação, se possível na presença do comandante geral da corporação, coronel Alarico; do secretário da Segurança Pública e da Defesa Social, coronel PM Araújo e da governadora Fátima Bezerra, que tem aparecido acompanhando algumas fiscalizações. “Seria o momento exato para saber se a PM ia apreender os carros do Estado, na frente do comandante, do secretário e da governador”, diz o policial.

ByJoão Ricardo Correia

Formado em Comunicação Social pela UFRN. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor do Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

× Fale no ZAP