Tag: Privilégios

6 mar por João Ricardo Correia Tags:,

BRASIL: carnaval dá 12 dias de “recesso” para deputados e senadores

Após a maratona do carnaval, se para a maioria dos brasileiros hoje é dia de voltar ao trabalho, para deputados e senadores, retorno às atividades, só na semana que vem. Na manhã desta quarta-feira de cinzas (6) movimento no prédio do Congresso, só do pessoal que cuida da troca do carpete do Salão Verde da Câmara e da lavagem do capete azul do Senado.  Até a próxima terça-feira (12), quando estão marcadas as próximas sessões deliberativas nas duas Casas, serão 12 dias ¨de recesso”, sem votações. A última foi na quarta-feira passada, dia 27 de fevereiro.

Nem a pressa para início da tramitação da Reforma da Previdência, eleita prioridade no Executivo e Legislativo, fez com que sessões deliberativas fossem marcadas esta semana. Amanhã (7) e sexta-feira (8) sessões nas duas Casas só de discurso, sem deliberações, isso quer dizer que os parlamentares que esticarem a folia, não terão qualquer prejuízo no salário. O presidente do Senado, Davi Alcolubre (DEM-AP), cumpre essa semana agenda no Amapá e só volta à Brasília na semana que vem. Já Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara , também passa a quarta-feira fora de Brasília, mas a assessoria não informou se será assim o restante da semana.

Servidores

Para os servidores da Câmara o expediente hoje é normal, a partir do meio-dia, já no Senado, em conformidade com a Portaria 13/18, da primeira-secretaria da Casa, é ponto facultativo, os servidores só voltam ao trabalho amanhã.

Por Karine Melo - Repórter da Agência Brasil / Brasília

11 dez por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Rogério Marinho vai trabalhar no governo Bolsonaro e promete ser “contra os privilégios”

[caption id="attachment_55489" align="aligncenter" width="595"] Rogério Marinho foi contra a CPMF, mas será se aceitará novo imposto que venha ser criado na gestão de Bolsonaro?[/caption] O deputado federal Rogério Marinho, cumprindo seus últimos dias de mandato, já que foi reprovado nas urnas pelos eleitores potiguares em outubro passado, ganhou um emprego na gestão de Jair Bolsonaro e será um dos subordinados ao ministro Paulo Guedes, "menino de ouro" do futuro presidente do Brasil. Eis a nota publicada por Rogério Marinho: "Aceitei convite feito pelo Ministro Paulo Guedes para participar do Governo Bolsonaro e ajudar no desafio da Previdência Social. Vamos agora aprofundar o trabalho já feito por uma competente equipe de técnicos que estão debruçados sobre o tema há algum tempo. Chegamos para trabalhar em equipe e aprovar uma reforma ainda no primeiro semestre de 2019, capaz de contribuir para o equilíbrio fiscal do país, um projeto que permita ao Brasil voltar a crescer e se desenvolver, conforme as propostas de campanha do presidente Jair Bolsonaro. Vamos trabalhar sempre a favor do povo brasileiro e contra os privilégios. Rogério Marinho Deputado federal"
4 out por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Amoêdo promete extinguir auxílio-moradia e férias de 60 dias de juízes e membros do Ministério Público

O candidato do Novo a presidente, João Amoêdo (FOTO), propõe acabar com benefícios de magistrados e integrantes do Ministério Público, como auxílio-moradia e férias de 60 dias. Embora seja entusiasta do Estado mínimo na economia, o banqueiro defende o endurecimento da repressão a crimes e não concorda com a legalização do aborto e das drogas. Em seu programa de governo, Amoêdo afirma que, se eleito, buscará extinguir os auxílios especiais no Executivo, Legislativo e Judiciário – ele já estendeu essa proposta ao MP em publicações em suas redes sociais.
× Fale no ZAP