Tag: Negociação

11 jan por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Decisão da Justiça abre caminho para governo negociar empréstimo no RN

O governo do Estado já pode iniciar as negociações com o sistema financeiro para receber, de forma antecipada, o dinheiro dos royalties do petróleo referente a 2019. O último obstáculo que impedia a abertura das negociações - uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado, baseada no Acórdão 259/2018 - foi removido pelo juiz convocado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Luiz Alberto Dantas Filho.

O magistrado acatou pedido liminar formulado pelo Procuradoria Geral do Estado suspendendo a recomendação do TCE que impedia o chefe do Poder Executivo de realizar qualquer ato administrativo tendo como garantia créditos decorrentes dos royalties do petróleo e gás natural.

15 set por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bancários participam de nova rodada de negociações em São Paulo

greve_bancos A Comissão de Negociação da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito (Contec) reúne-se hoje (15), às 16h, com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), na capital paulista, para mais uma rodada de negociações. O último encontro ocorreu nessa quarta-feira (13) e os bancos não apresentaram nova proposta. Segundo a Contec, a oferta feita pelos bancos não cobre nem mesmo a inflação do período, de 9,62%, e por isso foi rejeitada pela comissão. A Contec lembrou que a greve continua com forte adesão em todo o país e a participação crescendo principalmente no interior. Na última sexta-feira (9), a Fenaban apresentou aos bancários a proposta de 7% de reajuste nos salários e benefícios e um abono de R$ 3,3 mil, que será pago dez dias após a assinatura do acordo. A proposta foi recusada pelos sindicatos.
13 set por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bancários e Fenaban têm nova rodada de negociação à tarde

bancoemgreve1_taniarego-agenciabrasil A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e o Comando Nacional de Greve dos bancários fazem hoje (13) mais uma rodada de negociação. A categoria está paralisada desde a última terça-feira (6). Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), a adesão ao movimento atinge 11,5 mil agências e 48 centros administrativos, o que representa 48,9% dos locais de atendimento no país. As principais reivindicações dos bancários são a reposição da inflação em 9,62%, mais 5% de aumento real, participação nos lucros de três salários mais R$ 8,3 mil e vales refeição e alimentação no valor de R$ 880,00 ao mês. A categoria protesta contra o assédio moral e as metas abusivas que, de acordo com a Contraf, provocam doenças entre os trabalhadores.
× Fale no ZAP