Tag: educação

18 mar por João Ricardo Correia Tags:, ,

Advogados vão à Justiça para que ministro da Educação pague por “caso do hino”

Um grupo de advogados entrou com uma ação popular pedindo que o ministro da Educação, Ricardo Vélez (FOTO), pague indenização por danos morais coletivos de R$ 100 mil por ter sugerido que o lema de campanha do presidente Jair Bolsonaro fosse entoado nas escolas do Brasil. 

Em fevereiro, o Ministério da Educação enviou um comunicado para todas as escolas do Brasil com uma carta de Vélez sugerindo que o hino nacional fosse cantado e que o lema de Bolsonaro "Brasil acima de tudo, Deus acima de Todos" fosse lido aos alunos. Pediu ainda que a atividade fosse filmada. 

Os advogados que assinam a ação afirmam que a conduta do ministro foi uma afronta ao princípio da legalidade e moralidade pública e que representa grave ofensa ao direito de toda a coletividade. 

24 jan por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Justiça mantém suspensão de greve na educação municipal de Lagoa Salgada

Os desembargadores que integram a 2ª Câmara Cível do TJRN, a unanimidade de votos, negaram provimento ao recurso, movido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Rio Grande do Norte (SINTE/RN) e, desta forma, manteve a obrigação para que a entidade suspendesse a greve dos profissionais da Educação no município de Lagoa Salgada e o então imediato retorno às atividades, até o julgamento de mérito da ação inicial. Os desembargadores mantiveram, assim, inalterada a determinação que foi dada pelo juiz convocado Eduardo Pinheiro, em outubro de 2016.

A decisão concedia o pedido feito na Ação Cível, pelo município de Lagoa Salgada, o qual requeria a declaração da ilegalidade dos dois movimentos grevistas, deflagrados pela categoria dos professores e demais servidores da educação municipal de Lagoa Salgada, nos meses de Junho e Julho de 2016, sendo determinado o pronto retorno ao trabalho, bem como fossem vedadas novas paralisações dos mencionados profissionais, nos meses vindouros, pelos motivos constantes do Ofício nº 123/2016.

8 jan por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Servidores penam sem salários, mas Governo do RN analisa possibilidade de sediar evento internacional de educação

O release enviado pela Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte, tratando justamente sobre um evento internacional de educação, começa com um erro primário, separando sujeito (no caso, a governadora) do predicado e levanta a possibilidade da gestão, atolada em dívidas deixadas por Robinson Faria, apoiar o 19º Conselho Internacional de Educação Aberta e à Distância. Resta saber se esse apoio não gastará nada dos cofres públicos, ou se as prioridades são outras, deixando de lado salários de servidores. Os professores, sem salários, participariam?! Abaixo, a íntegra do texto oficial: A governadora Fátima Bezerra, recebeu na tarde desta terça-feira (8), o professor Ricardo Valentim, Coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), a professora Carmem Rêgo, Secretária de Educação à Distância (SEDIS) e outros representantes do ensino à distância da UFRN. Eles apresentaram à chefe do Executivo estadual a proposta de trazer para Rio Grande do Norte, o 19º Conselho Internacional de Educação Aberta e à Distância (ICDE - International Council for Open and Distance Education). A 19ª edição do evento acontecerá na América Latina e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, busca o apoio do Governo do Estado para sediar do evento. O ICDE reunirá cerca de 130 países e promovendo o debate sobre as novas tecnologias na educação aberta e à distância.
23 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Indicado para Ministério da Educação defende valores tradicionais

Em carta aberta divulgada hoje (23), o filósofo Ricardo Vélez Rodríguez, confirmado para o Ministério da Educação, defende “valores tradicionais” na educação brasileira com destaque para os municípios na educação, visando a projeção internacional. Também afirmou que vai trabalhar para valorizar os professores do Ensino Fundamental e Médio. De acordo com o futuro ministro, esses pilares sustentam os desejos da sociedade brasileira. “Pretendo colocar a gestão da Educação e a elaboração de normas no contexto da preservação de valores caros à sociedade brasileira, que, na sua essência, é conservadora e avessa a experiências que pretendem passar por cima de valores tradicionais ligados à preservação da família e da moral humanista.” Segundo Rodríguez, desde o governo de Getúlio Vargas, a educação é formatada “de cima para baixo”, ou seja, do governo federal para o municipal, o que põe em “segundo plano a perspectiva individual e as diferenças regionais”.
22 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Filósofo colombiano é indicado para ministro da Educação

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta- feira (22), pelo twitter, a indicação do colombiano Ricardo Vélez Rodríguez (FOTO), para o cargo de ministro da Educação. Autor de mais de 30 obras, atualmente é professor emérito da Escola de Comando e Estado Maior do Exército. "Velez é professor de Filosofia, mestre em Pensamento Brasileiro pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, doutor em Pensamento Luso-Brasileiro pela Universidade Gama Filho e pós-Doutor pelo Centro de Pesquisas Políticas Raymond Aron, de Paris, com ampla experiência docente e gestora", informou o presidente eleito pela rede social. O novo ministro já teria se naturalizado brasileiro. Em blog, o futuro ministro registra suas ideias sobre o Ministério da Educação. Ele promete em sua gestão "Mais Brasil, menos Brasília", lema do presidente eleito, com ênfase na educação municipal. "Aposto, para o MEC, numa política que retome as sadias propostas dos educadores da geração de Anísio Teixeira, que enxergavam o sistema de ensino básico e fundamental como um serviço a ser oferecido pelos municípios, que iriam, aos poucos, formulando as leis que tornariam exequíveis as funções docentes", disse. No texto, informa que um dos que apoiaram sua indicação foi o "professor e amigo Olavo de Carvalho." Ele também faz críticas às provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), formuladas pelo Inep. Segundo ele, as provas são complicadas e funcionam como "instrumentos de ideologização do que como meios sensatos para auferir a capacitação dos jovens no sistema de ensino" - mesmo posicionamento do presidente eleito. Ao mencionar a relevância do Ministério da Educação, Bolsonaro destacou que é "onde está o futuro do país". “É um ministério importantíssimo [o da Educação] porque o futuro do Brasil passa por ali. Situação complicada por ali, porque nas últimas décadas gastou-se mais com educação e a qualidade caiu. Portanto é um ministério que tem de ser muito bem escolhido.” Por Agência Brasil / Brasília
13 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Descaso: ônibus escolar está abandonado em Caiçara do Norte

Um ônibus escolar está abandonado em uma estrada carroçável, no povoado de Olinda, município de Caiçara do Norte, no Rio Grande do Norte. Vídeo e fotos do veículos chegaram à redação do Companhia da Notícia. O internauta que registrou as imagens, no domingo passado(11), informa que há mais de quinze dias ocorre o fato. Segundo fontes deste informativo, cerca de cem alunos estariam sem assistir aulas, pela falta do transporte. Mais: este ônibus já teria ficado por mais de um mês parado, em outro ponto de Caiçara, sendo levado para onde está agora. Veja o que publicou o Portal do Governo Federal, sobre a avaliação do transporte escolar no Brasil: http://www.brasil.gov.br/noticias/educacao-e-ciencia/2018/06/rio-grande-do-norte-participa-de-pesquisas-para-avaliar-o-transporte-escolar-no-brasil Abaixo, o vídeo mostrando o descaso com o dinheiro público: [video width="854" height="480" mp4="https://www.companhiadanoticia.com.br/wp-content/uploads/2018/11/CAICARA.mp4"][/video]   No site da Prefeitura de Caiçara do Norte (http://www.caicaradonorte.rn.gov.br/), não há telefone, para que a reportagem entre em contato, com o intuito de saber o porquê do ônibus ter sido deixado ao relento. Confira na imagem abaixo, no canto inferior direito, que não há como telefonar para a sede do executivo municipal.  
1 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bolsonaro avisa: “Forças Armadas vão fazer parte da política nacional”

O presidente eleito Jair Bolsonaro incluiu hoje (1º), pela primeira vez, o Ministério da Defesa entre os três superministérios de seu futuro governo - os dois outros são o da Justiça e o da Economia. "A Defesa é um outro superministério. As Forças Armadas vão sim fazer parte da política nacional. Não vão ser relegadas como nos governos de Fernando Henrique e do PT", anunciou, em entrevista coletiva para emissoras de televisão. Bolsonaro também deu outros detalhes sobre a estrutura de seu futuro governo. Disse que o ministérios da Agricultura e Meio Ambiente deverão mesmo ficar separados, mas avisou que ele escolherá os dois ministros. "Não vão ser as ONGs", afirmou, referindo-se à pasta do Meio Ambiente. Ele se disse "pronto para voltar atrás" neste caso porque, primeiramente, relatou, o setor rural defendeu de forma unânime a união dos dois ministérios, mas depois se dividiu, por entender que a fusão prejudicaria o agronegócio no Exterior - onde é exigido dos exportadores o cumprimento de normas ambientais. O presidente eleito também anunciou que o ensino superior sairá do âmbito do Ministério da Educação e passará a ser administrado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia. "Não temos nenhuma das nossas universidades entre as melhores do mundo e o nosso Marcos Pontes vai dar um gás especial para essa questão aí", afirmou. Perguntado se investiria mais nas universidades, disse que não. "Pelo contrário, nós queremos investir mais no ensino básico e médio". Provavelmente, relatou, o seu governo deverá ter até 17 ministérios - hoje são 29. Por Agência Brasil / Brasília
25 set por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Escolas particulares começam a anunciar mensalidades para 2019

Escolas particulares de todo o país começam a anunciar os reajustes nas mensalidades que serão cobradas em 2019. Os valores variam de acordo com a região e também com o local onde está o estabelecimento. Pais e responsáveis, no entanto, podem se proteger e questionar as escolas caso percebam aumentos abusivos. No Distrito Federal, setembro é o mês em que geralmente as instituições começam a fechar os valores que serão cobrados, de acordo com o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe/DF), Álvaro Domingues. “Em geral, divulga-se nesta época do ano para as famílias se planejarem”, diz. Domingues afirma que não é possível prever uma média de reajuste, uma vez que escolas têm autonomia para decidir os novos valores das mensalidades. “Tem escolas que podem não reajustar o valor, tem escola que reajusta mais do que a inflação, tem escola que reajusta menos. Vai variar”.
21 set por João Ricardo Correia Tags:, , ,

Literatura de cordel pode se tornar tema obrigatório da educação básica

A literatura de cordel foi reconhecido nesta quarta-feira (19) como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). E pode também se tornar tema obrigatório dos currículos da educação básica. É o que determina o projeto (PLS 136/2018) apresentado pela senadora Regina Sousa (PT-PI). Mais informações com o repórter Maurício de Santi, da Rádio Senado. Clique abaixo e ouça: [audio mp3="https://www.companhiadanoticia.com.br/wp-content/uploads/2018/09/0920A09-MAURICIO-REGINA-S-CORDEL-IPHAN-WEL.mp3"][/audio]
30 jul por João Ricardo Correia Tags:, ,

Carlos Alberto: candidato do PSOL promete recuperar o RN com a educação

O diretório estadual do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) oficializou, em convenção realizada neste sábado (28), a candidatura do professor Carlos Alberto ao Governo do RN. Ele tem como vice a servidora pública Cida Dantas. "Nós vamos recuperar nosso RN com a educação. É através dela que se consegue tudo. Eu estou muito feliz de ter todos vocês ao meu lado nessa luta que está só começando" declarou o professor. A campanha do PSOL tem representantes para todos os cargos das eleições que serão disputadas em outubro desse ano. A convenção também confirmou que o partido disputará o primeiro turno do pleito puro-sangue, ou seja, sem coligação com outros partidos. Carlos Alberto citou o orgulho de ter a professora Telma Gurgel e o professor Lailson Almeida na chapa majoritária. A dupla disputa as duas vagas do estado no Senado Federal. Ao todo, o PSOL lançou 33 nomes à Assembleia Legislativa e 12 à Câmara dos Deputados. As candidaturas representam todas as regiões do estado. Fonte: Assessoria de Imprensa do Professor Carlos Alberto
27 jul por João Ricardo Correia Tags:, ,

Brasil: defasagem entre idade e série é quatro vezes maior em escolas públicas

[caption id="attachment_53057" align="aligncenter" width="666"] Falta de compromisso da maioria classe política brasileira com a educação penaliza milhões de crianças (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)[/caption] O número de alunos com idade acima do recomendado para a série de ensino na rede pública é quatro vezes maior em relação às escolas privadas no Brasil. As turmas das escolas públicas têm um maior número de alunos e passam menos tempo na escola em relação aos alunos da rede privada. Os dados são do Censo Escolar 2017, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Enquanto a rede privada apresenta uma taxa de 5,1% alunos com idade acima do recomendado no ensino fundamental e 7,4% no ensino médio, a rede pública tem 20,7% de seus alunos com idade acima da série no ensino fundamental e 31,1% no ensino médio. Apesar de ainda apresentar disparidade em relação à taxa da rede privada, os índices do ensino público apresentaram queda nos últimos 10 anos. Em 2007, a taxa de distorção idade/série era de 30,1% no ensino fundamental e 46,5% no ensino médio da rede pública. O indicador de taxa de distorção idade/série utilizado no Censo Escolar indica o percentual de alunos que tem dois ou mais anos de idade acima do recomendado em determinada série, tendo como base a idade de seis anos estabelecida para ingresso no ensino fundamental. “É um retrato muito importante. Se você pensar que a cada quatro alunos da educação básica no Brasil um aluno está mais de dois anos defasado é um sintoma claro da crise de aprendizagem que o país vive”, explica o gerente de políticas educacionais da organização não governamental Todos Pela Educação, Gabriel Corrêa. Para a coordenadora de políticas educacionais da Campanha Nacional Pelo Direito à Educação, Andressa Pellanda, o indicador não pode ser analisado apenas do ponto de vista educacional. “A taxa de distorção passa pela exclusão escolar. Muitas vezes, o aluno saiu da escola e voltou depois para uma série anterior. Esse jovem sai da escola ou tem dificuldade de aprendizagem quando está dentro da escola. Tem diversos fatores que vão além da educação, que passam muitas vezes pelo próprio arcabouço de direitos sociais em que esse jovem está inserido. A distorção fica maior em regiões do país que têm maiores índices de pobreza e de vulnerabilidade social”, aponta. ==>> LEIA MATÉRIA COMPLETA: http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2018-07/defasagem-entre-idade-e-serie-e-quatro-vezes-maior-em-escolas-publicas Por Leandro Melito – Repórter da Agência Brasil / Brasília
6 jul por João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Incentivo à desonestidade vai virar “legado” no Brasil

https://www.youtube.com/watch?v=rmdvAdjUUrA O incentivo à desonestidade vai terminar virando um "legado" nesse Brasil velho de guerra tão cheio de corruptos, corruptores e corrompidos. Essa tal delação premiada é, literalmente, um prêmio aos bandidos. O sujeito faz o que quer, rouba, mete a mão nos cofres públicos, aí depois confessa tudo e "corre o risco" de ser perdoado! Vai terminar pedindo indenização! Enquanto isso, a corrupção continua alimentando canalhas e maltratando milhões de brasileiros, que morrem por falta de assistência médica, dormem na rua, não tem emprego, os filhos não recebem uma educação de qualidade.    
23 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Representante do ensino superior privado defende o Fies

fies1O diretor-executivo do Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), Rodrigo Capelato, defendeu nesta quarta-feira (23) o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) como instrumento de expansão do ensino superior e inclusão de alunos mais carentes. Capelato veio à Comissão de Educação da Câmara dos Deputados apresentar aos parlamentares o Mapa do Ensino Superior 2016, elaborado pela entidade e originalmente divulgado em agosto passado. O mapa traz um panorama da educação superior do País, abrangendo todos os estados brasileiros, por meio de um conjunto de análises comparativas. A publicação oferece um apanhado do setor ao longo dos últimos 14 anos. A principal observação de Capelato em relação ao assunto, no entanto, disse respeito a um encolhimento do Fies no último ano em razão de uma reestruturação do programa que tornou mais rígidos os critérios de seleção -baseados na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que deve ser 450 pontos, e na renda familiar do estudante, que deve ser de até três salários mínimos per capita.
17 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Prefeita eleita de Areia Branca solicita anexo escolar na zona rural e escola de tempo integral

[caption id="attachment_51701" align="aligncenter" width="698"]iraneide_reboucas1 Prefeita eleita Iraneide Rebouças (AO CENTRO) foi recebida em audiência pela secretária de Educação do Rio Grande do Norte, professora Cláudia Santa Rosa[/caption] Nessa quarta-feira (16), a prefeita eleita de Areia Branca, Iraneide Rebouças, esteve em audiência com a secretária Estadual de Educação, Cláudia Santa Rosa, quando foram tratados diversos temas de interesse do município, entre eles a reordenação dos turnos nas escolas estaduais, a implantação de um anexo escolar de ensino médio na zona rural e a implementação de escola tempo integral. Iraneide Rebouças questionou a possível diminuição dos turnos em algumas escolas estaduais e requereu audiência com representantes dos professores, diretores, pais e alunos para que o tema fosse discutido. A secretária atendeu à solicitação e marcou o encontro para a próxima quarta-feira (23), com a prefeita eleita e os representantes dos segmentos. Cláudia Santa Rosa garantiu que nenhum professor da rede estadual seria realocado de município, bem como não haveria qualquer redução salarial da categoria.
5 nov por João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Prefeito que só sabe assinar o nome aplicou 37% do orçamento no ensino

antonio_ramos_dasilva_prefeitoquixada_agsenadoAntônio Ramos da Silva (FOTO), de 69 anos, foi prefeito, presidente da câmara municipal e acaba de se reeleger vereador de Quixaba, cidade do sertão pernambucano com 7 mil habitantes. Ele não esconde: é analfabeto: "Quando eu era criança, meu pai precisava dos filhos trabalhando na roça e não me deixou estudar". Pela lei, os analfabetos não podem se eleger. Silva pôde tornar-se político por saber copiar palavras e assinar o nome, o que bastou para a Justiça Eleitoral. Ele sempre teve assessores de confiança para ajudar na leitura dos documentos. Para Silva, os analfabetos deveriam ter o direito de ser votados: "Tem muito doutor por aí que não tem nem a metade da minha honestidade".
× Fale no ZAP