Rapaz de 19 anos é morto durante tiroteio entre PMs e bandidos

15 jan por João Ricardo Correia

Rapaz de 19 anos é morto durante tiroteio entre PMs e bandidos

Felipe estava na frente da casa da namorada, quando foi atingido

Felipe de Lima Feitoza, 19 anos, foi morto na frente da casa da namorada, que ficou ferida, em meio à troca de tiros entre bandidos e PMs na Rua Laurindo Lima, em Cavalcanti, Zona Norte do Rio de Janeiro. Sua mãe, Terezinha de Lima, é natura de Várzea, no RN, e seu pai, Fortunato Feitoza, nascido no Conde, na Paraíba. Felipe era filho único. A família mora há mais 30 anos na cidade do Rio de Janeiro. O jovem é sobrinho de José Adailton de Lima, servidor da Prefeitura de Várzea.

Segundo o jornal O Globo, o caso aconteceu por volta das 02h30 da manhã de domingo, 13. Felipe de Lima Feitoza foi atingido no peito. A bala atravessou pela axila dele e pegou a coxa em Isabele dos Anjos Nascimento Bastos, de 31 anos. Os dois foram levados para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, também na Zona Norte da cidade. Ele não sobreviveu aos feridos. Ela foi atendida e liberada com o projétil alojado na perna.

— O carro da PM desceu a Rua Zeferino, parou na esquina da minha rua, onde a gente estava sentado, e começou a atirar. Os bandidos estavam do outro lado, no fim da rua. Os tiros estavam tão perto que não podíamos nos abrigar, só deitar no chão. Quando parou, eu fiquei ali com o Felipe fazendo respiração boca a boca. Aí começamos a gritar que um morador havia sido atingido. Conseguimos arrastar ele para dentro da minha casa e colocá-lo no carro. Meu pai saiu com o carro balançando um pano branco em sinal de paz. Mas o Felipe só agonizava — conta Isabele: — Nós estávamos há seis meses juntos. Ele tinha muito bom humor, não parava de brincar um minuto. Ele levou a alegria com ele. Meu coração tá ardendo. Não sei o que fazer sem ele aqui.

A Polícia Militar informou que, segundo informações do 3° BPM (Méier), policiais militares em patrulhamento na rua Laurindo, no bairro Cavalcanti, foram atacados a tiros por criminosos armados. “Houve confronto. A viatura foi atingida, mas os policiais não se feriram. Os criminosos fugiram. Logo após, equipes do 3°BPM foram informadas que duas pessoas baleadas deram entrada no Hospital Municipal Salgado Filho”, informou a corporação, em nota.

Felipe estava começando a vida. Tinha acabado de se formar no ensino médio e tirado a carteira. Ganhou um carro do pai e estava ansioso para uma entrevista de emprego que faria na próxima terça-feira. A vaga era de Jovem Aprendiz num mercado.

Com informações do blog A Fonte e O Globo

ByJoão Ricardo Correia

Formado em Comunicação Social pela UFRN. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor do Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

× Fale no ZAP